Livro e Musical “Onde Moram os Livros” Celebram as Bibliotecas do Brasil

(Crédito: Divulgação)

A escritora Daniela Chindler lançou no último sábado o livro e o espetáculo “Onde moram os livros – Bibliotecas do Brasil”, no Rio de Janeiro. Na obra, dois escritores, um imperador, um monge, uma pequena escultura e uma senhorita de 1900 são os mestres cerimônias que conduzem os leitores.

Dentre as 7 mil Bibliotecas que o Brasil possui, a obra reúne seis: a Biblioteca Nacional e o Real Gabinete Português de Leitura, no Rio de Janeiro; a Biblioteca Pública do Amazonas, em Manaus; a Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo; a Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul, de Porto Alegre; e a Biblioteca do Mosteiro de São Bento da Bahia, em Salvador.

Daniela Chindler também é autora do livro de literatura infantojuvenil “Bibliotecas do Mundo” (Casa da Palavra, 2012), onde retrata a história de Bibliotecas clássicas, modernas, exóticas e daquelas que sobreviveram à guerra contadas por personagens de conto de fadas, filósofos da Antiguidade e Bibliotecários.

O espetáculo teatral “Onde moram os livros – bibliotecas do Brasil” terá sessões gratuitas no Rio de Janeiro, e futuramente será apresentado em escolas.

Fonte: EBC

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , | Comentar

Campanhas Estimulam Doação de Livros para Projetos de Incentivo à Leitura na Zona da Mata

(Crédito: Divulgação)

 

Os municípios de Lima Duarte e Juiz de Fora promovem campanhas que incentivam a população a doar livros para projetos literários.

A proposta é formar acervo para manter projetos, como a “geladeira”, instalada em uma praça de Lima Duarte e as iniciativas da Biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificados Coronel Adelmir Romualdo de Oliveira, em Juiz de Fora.

Há mais de um mês, as prefeituras divulgam em perfil oficial em rede social uma campanha pedindo doações de livros, que devem ser entregues das 8h às 17h, no Centro de Informações Turísticas, em frente à praça onde foi instalada a primeira “geladeira literária”.

Requisitos para doar livros para a campanha:

  • Assunto: literatura em geral: obras de ficção e não ficção, poesia, dramaturgia, romance, biografias, idioma estrangeiro, literatura infanto-juvenil e gibis.
    • Condições físicas: em bom estado de conservação. Não serão aceitos materiais sujos, mofados, rasgados, rabiscados, manchados, com páginas amareladas, folhas arrancadas ou com carimbos institucionais.Dentro da proposta de incentivar o despertar das pessoas para a leitura e de trazer um público variado para o espaço, a Biblioteca da Praça CEU desenvolve três projetos para facilitar o acesso às publicações.
    • “É tempo de leitura”: direcionado a cerca de 90 famílias cadastradas no Programa de Segurança Alimentar (PSA), atendidas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), instalado na praça. A cada dois meses, data da retirada das cestas básicas, o grupo é convidado a participar de uma contação de histórias, com entrega de um kit de livros, organizado conforme as características do público-alvo. Já houve duas edições do projeto, em maio e em julho. A próxima será agora em setembro.
  • “Leia Mais”: os títulos e diversas publicações ficam à disposição em uma estante permanente no saguão da praça. O registro médio de retirada é de dez publicações por dia, quase 300 por mês, incluindo para moradores em situação de rua que passam pelo local.
  • “A Leitura Cura”: uma coleção de obras literárias está à disposição de usuários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte.

Fonte: G1

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , , , | Comentar

III Mostra de Arte e Cultura Muda o Cotidiano de Cariacica

 

 

(Crédito: Divulgação)

Teve início na última quinta-feira, em Campo Grande, A “III Mostra de Arte e Cultura de Cariacica”. O evento vai levar mais de 50 atrações gratuitas como fotografia, literatura e teatro em todas as regiões da cidade ao longo dos três finais de semana de setembro.

Além das interações, quem passar por lá pode aproveitar o “Cantinho da Leitura”, montado pela equipe da Biblioteca Pública Municipal Madeira de Freitas. “Aproveitamos também para divulgar a biblioteca e seus serviços porque nessa correria do dia-a-dia muitas pessoas não sabem que aqui em Campo Grande também tem biblioteca”, informou a Bibliotecária Júlive Argentina (ES-000819/O).

(Crédito: Divulgação)

(Crédito: Divulgação)

A Mostra reúne produções gratuitas de teatro, artes plásticas, fotografia, literatura, dança, cinema, cultura popular por todas as regiões da cidade. Organizada pela Secretaria Municipal de Cultura, a programação irá acontecer durante os três finais de semana de setembro no Centro Cultural Frei Civitella, Biblioteca Madeira de Freitas (ambos em Campo Grande), na Estação Cidadania-Cultura, Praça CEU, em Nova Rosa da Penha e em praças e espaços dos bairros das 13 regiões.

(Crédito: Divulgação)

Veja a programação:

– Sexta-feira (dia 13)

  • 8h às 16h: Sob o olhar da artesania – Exposição.Com os artistas: Elaine Sohelo, Vilson Barbosa e Jocilene Muniz. Na Biblioteca Vila do Progresso, na Estação Cidadania-Cultura, Praça CEU, em Nova Rosa da Penha. Duração da eposição: até 11 de outubro
  • 9h30h às 17h: Mostra Regional de Teatro “Arte em cena” – SRE – Cariacica.Com as peças: “O Auto da Compadecida”, “Sapo que vira Rei que vira Sapo”, “Pluft, o Fantasminha”, “O Quarto do Quarto”, “Valorizando o Sentido da Vida”, “O Grande Circo Místico”.  No Teatro Frei Civitella, Campo Grande
  • 18h30 às 19h30: Circo Itinerante Eco-Espetacular com o artista Nisinho Rasta.Na Praça da Bíblia, Nova Rosa da Penha I

– Sábado (dia 14)

  • 9h às 11h: Oficina Máscaras e máscaras – do papel a argila. Artista: Elaine Sohelo. No Ateliê Elaine Sohelo, (ao lado da EMEF Orlando Moreira), Itapemirim
  • 15h às 19h: Festa dos 12 anos da Banda do Mestre Tagibe.Na sede da Banda de Congo Mestre Tagibe em Roda d’Água
  • 18h às 19h: Projeto CineCurtas Roda D’Água. Na sede da Banda de Congo Mestre Tagibe em Roda d’Água
  • 19h às 20h: Apresentação da Orquestra de Violões Bom Pastor. Músico e regente: Hugo Leonardo Rodrigues. Na praça de Bela Aurora
  • 21h às 22h: Apresentação da Banda de Congo São Benedito de Boa Vista. Na festa da Comunidade Católica Santa Cruz. Em Jardim Botânico

Fonte: Prefeitura de Cariacica

 

 

Posted in Eventos | Com as tags , , | Comentar

Biblioteca Municipal de Alfenas Completa 70 anos

A Biblioteca Pública Municipal Dr. João Januário de Magalhães, em Alfenas, Minas Gerais, completa 70 anos nesse mês de setembro.

A homenagem ao “Dr. Janjote”, como era carinhosamente chamado, justifica-se por ter sido este homem um dos maiores incentivadores da cultura de Alfenas; médico, professor da antiga EFOA (hoje UNIFAL) e político. Tão logo assumiu a Prefeitura de Alfenas, cuidou de fundar uma biblioteca pública.

Atualmente, Biblioteca Pública abriga um acervo de mais de 20 mil livros de diversos gêneros, além de audiolivros (coletâneas literárias em CDs – destinada especialmente a portadores de deficiência visual cegueira e baixa visão e idosos), leituras em braile, e dicionário de libras. O espaço é adaptado para receber portadores de necessidade especial, com rampa, passagens e portas, além de banheiros acessíveis.

Na última semana, o Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio de Alfenas (Comdepa) recebeu o pedido para que se inicie um processo de tombamento do acervo da Biblioteca Municipal. O pedido está em análise.

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , | Comentar

Campanha de Conciliação de Débitos anteriores a 2019

O Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) inicia a campanha de regularização de débitos em todos os Conselhos Regionais com descontos de até 90% dos acréscimos (multas e juros) para pagamento integral e outras faixas de desconto, em caso de parcelamento

Os débitos inscritos em Dívida Ativa da União e aqueles objetos de cobrança judicial poderão ser incluídos no parcelamento dessa Resolução.

Consulte sua situação no CRB-6 acessando:

Clique aqui para conferir sua situação no CRB-6.

 

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags | Comentar

Palestra “Espiritualidade e Direito” com Haroldo Dutra Dias

(Crédito: Divulgação)

A Livraria Espírita Novos Rumos e a Faculdade de Direito da UFMG promovem a palestra “Espiritualidade e Direito” com o escritor Haroldo Dutra Dias, dia 23 de setembro, às 19h30, na Faculdade de Direito da UFMG.

Haroldo Dutra Dias é um conhecido divulgador do espiritismo, tendo traduzido o Novo Testamento para o português, editado originalmente pelo Conselho Espírita Internacional em 2010 e também Federação Espírita Brasileira. Ele também é autor do livro Parábolas de Jesus.

Clique aqui para se inscrever.

Serviço

Palestra “Espiritualidade e Direito”
Quando: 23 de setembro (segunda-feira), a partir das 19h30
Onde: Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Av. João Pinheiro, 100 – Centro, Belo Horizonte – MG

Posted in Eventos | Com as tags , , , | Comentar

“Viagem pela Literatura” com o “Grupo Chão de Letras”

                                  (Crédito: Divulgação)

A Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim promove uma nova edição do projeto “Viagem pela Literatura”, dia 13, a partir das 14h30 em sua sede, em Vitória (ES).

Eliana Zandonade, Alzira Bossois e Tiana Magalhães, do “Grupo Chão de Letras” narrarão as histórias “Lenda da Cobra Grande” sobre o folclore amazônico; “Os compadres corcundas”  de Luiz da Câmara Cascudo; “O passeio dos olhos pelo mangue” e “Um presente de amor”, lendas indígenas de Fabiano Moraes e “Capitão de Mar e Guerra” de José Carlos Mattedi, entre outras.

Após a atividade, ocorre uma roda de conversa com as contadoras de histórias e os participantes.

Serviço

Contação de histórias na Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim
Quando: 13 de setembro (sexta-feira), às 14h30
Onde: Rua Muniz Freire, nº23 – Centro, Vitória (ES)

Posted in Eventos | Com as tags , , | Comentar

I Seminário Literatura Infantojuvenil e Direitos Humanos

 

(Crédito: Divulgação)

O Projeto “Rodas de Leitura: Literatura e Direitos Humanos”, em parceria com a Escola Municipal Maria de Rezende Costa, promove o “I Seminário Literatura Infantojuvenil e Direitos Humanos – Rodas de Leitura: por uma educação em direitos humanos”, dia 28 de setembro, a partir das 8h, no bairro Alípio de Melo, em Belo Horizonte.

O evento está na 1ª edição para estabelecer um debate sobre a importância da educação em Direitos Humanos usando a literatura como fio condutor para reflexão e conhecimento dos direitos e deveres da criança e adolescente.

O evento é gratuito e a participação é aberta à comunidade.

Serviço

I Seminário Literatura Infantojuvenil e Direitos Humanos
Quando: 28 de setembro (sábado), às 8h
Onde: Escola Municipal Maria de Rezende Costa – Avenida Abílio Machado, 1009, Alípio de Melo – Belo Horizonte (MG)

Posted in Eventos | Com as tags , , , | Comentar

Concurso de Bandas e Fanfarras Agita Escola em Serra (ES)

(Crédito: Divulgação)

O Conselho da Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Carlos de Miranda, em parceria com a fundação da Banda Marcial Manoel Carlos de Miranda (BMCM), promove o Festival e Concurso Regional de Bandas e Fanfarras (FESTCOBANFS), dia 21 de setembro, no bairro José de Anchieta, em Serra (ES).

O projeto integra alunos da escola ao universo cultural, a partir do contato com a música e a arte.

A programação do evento será aberta à comunidade e conta com apresentações musicais, concurso de bandas e fanfarra, batalhas de percussão e encontros de bandas.

Serviço
Festival e Concurso Regional de Bandas e Fanfarras da Serra – I FESTCOBANFS
Quando: 21 de Setembro (sábado), 9h às 21h
Onde: Rua Linha de Força, José de Anchieta, Serra (espaço ao lado da Igreja Católica de São José de Anchieta)
Informações: (27) 99833 2294
Entrada franca

Posted in Eventos | Com as tags , , | Comentar

VI Encontro do Sistema de Bibliotecas da UFMG e IV Ciclo de Formação de Editores

(Crédito: Divulgação)

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) promove o “VI Encontro do Sistema de Bibliotecas da UFMG” e o “IV Ciclo de Formação de Editores”, de 10 a 12 de setembro, no auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas (FACE) da UFMG.

Os encontros reúnem Bibliotecários, funcionários dos setores administrativos do Sistema de Bibliotecas da UFMG e convidados para compartilhar experiências e conhecimento.

Confira a programação:

 

A participação nos eventos é aberta e gratuita, mas requer inscrição.

Clique aqui para se inscrever.

Serviço

“VI Encontro do Sistema de Bibliotecas da UFMG” | “IV Ciclo de Formação de Editores – Serviços de Referência e Informação Digital”
Quando: 10 a 12 de setembro, a partir das 13h
Onde: Auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas (FACE) da UFMG

Posted in Eventos | Com as tags , , , , | Comentar

Museu Nacional do Rio Deve Reabrir Exposição no Palácio em 2022

O Museu Nacional do Rio pretende firmar parcerias com instituições públicas e privadas para reconstruir o prédio histórico e fortalecer a governança, prevendo reabrir uma parte do palácio com exposições para festejar o bicentenário da independência do Brasil, em 2022. A informação é da reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Pires de Carvalho.

“Iniciamos o projeto Museu Nacional Vive com esse novo modelo de governança para atrair novos parceiros, visando inaugurar, pelo menos uma parte do palácio com exposições que festejarão o bicentenário da independência brasileira, em 2022”, conta a reitora.

Em 2 de setembro de 2018, um incêndio destruiu o Museu Nacional, prédio histórico onde morou a família imperial, no parque da Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro. O museu tinha um dos acervos brasileiros mais importantes com cerca de 20 milhões de peças.

O diretor do Museu Nacional Alexander Kellner explica que o novo campus será construído no terreno de 44 mil metros quadrado, pertencente à União, que já foi destinado ao museu, faltando apenas alguns detalhes burocráticos para consolidar a doação.

“Nós precisamos pensar na reconstrução da estrutura física dos laboratórios  perdidos. O terreno será o futuro Campus Cavalariça. O governo brasileiro cedeu e estamos acertando os detalhes finais. Queremos construir um centro cultural educacional, mas ainda não temos verba. Quando conseguir recurso,  poderá ser construído em seis, no máximo, nove meses”.

A reitora afirmou ainda que já iniciou os primeiros processos de licitação do projeto do Campus da Cavalariça, como o cercamento do terreno e a infraestrutura básica para o novo prédio. Denise afirmou que as obras para a construção dos laboratórios e da parte administrativa devem começar ainda neste ano, com a destinação de parte da verba da emenda impositiva da bancada fluminense, disponível para a universidade.

Os R$ 11 milhões emergenciais, enviados inicialmente pelo Ministério da Educação, foram destinados ao trabalho de resgate das peças nos escombros do museu.

A vice-coordenadora do Núcleo de Resgate, Luciana Carvalho, contou que o trabalho foi dividido em quatro partes, iniciando com a organização das equipes e reuniões preparatórias para criar protocolos de atuação no resgate, após a tentativa emergencial de coletar materiais, feita ainda durante o incêndio.

O trabalho está na terceira fase, retirada do material e catalogação do que foi resgatado, devendo continuar até o primeiro semestre de 2020. A quarta etapa, mais demorada, será o inventário e o relatório do material recuperado.  No total, 47 funcionários do museu participam ativamente do resgate com estudantes de graduação e pós-graduação.

“O palácio tem cerca de 2 mil metros quadrados só na planta baixa, sem contar os outros pavimentos. Algumas poucas áreas não desabaram. A planta baixa foi dividida em 71 áreas, sendo que 50 delas já foram encerradas e ainda tem 21 áreas a serem trabalhadas com acervo científico para ser retirado”.

Ela explica que não é possível mensurar o número total de peças resgatadas, pois muitas são catalogadas em lotes que podem chegar a centenas de peças. Até o momento, foram feitos 4.382 formulários de cadastro. Luciana destaca que, do total de 37 coleções científicas que o museu tinha, 46%, ou 17 coleções, foram quase totalmente perdidas ou parcialmente afetadas; 35% foram ou estão sendo resgatadas, num total de 13 coleções; e 19% não foram atingidas pelo incêndio, com sete coleções preservadas.

Os pesquisadores apresentaram as peças resgatadas da Coleção Tereza Cristina, arte pré-colombiana do Peru, partes de uma armadura samurai do Japão e itens da coleção egípcia, que já teve mais de 300 peças resgatadas.

“As coleções que estavam dentro de armários de aço resistiram mais e tem peças como cerâmicas e estatuetas em excelente estado de preservação, ainda que observemos danos relacionados ao incêndio, como quebras, fraturas e esmaecimento de cores, decorrente do processo de calor”, avalia.

O diretor do Museu Nacional Alexander Kellner destacou que é preciso “virar a página”. Ele afirmou que o incêndio “foi uma tragédia enorme”, mas é necessário trabalhar e aprender com os erros para reconstruir “o museu mais antigo do país”.

Como um saldo positivo da tragédia, Kellner destacou a “grande empatia da sociedade” e a solidariedade internacional com diversos países e instituições, propondo ajuda financeira e técnica para a reconstrução. Ele contou que o museu lançará o Relatório Anual 2018 com todas as atividades desenvolvidas, também disponível on-line em inglês e em português, nesta semana.

Segundo Kellner, estão elaborando um  projeto executivo para a restauração da fachada e do telhado do palácio, mas ainda não há previsão do custo para essa obra. Ainda serão feitos mais dois projetos executivos: um para a restauração interna do palácio e outro do plano museológico para definir a ocupação dos espaços com as exposições.

A princípio, segundo ele, foram pensados quatro circuitos expositivos para o novo Museu Nacional. “O primeiro é o Circuito Histórico, quem morou lá, com toda a trajetória até a tragédia. Outro é o Circuito do Universo e da Vida, com a visão científica da história do universo. O terceiro é o da Complexidade Cultural. Temos problemas e não vamos conseguir atuar sem a ajuda de parceiros nacionais e internacionais, com doação de acervo original. E, por último, o Circuito dos Biomas Brasileiros, envolvendo a América do Sul de maneira geral”.

Mesmo após o incêndio, o Museu Nacional conseguiu exibir algumas de suas peças em exposições feitas em outros espaços culturais. No início do ano, foi apresentada a mostra Museu Nacional Vive – Arqueologia do Resgate. Já a Casa da Moeda, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro que também recebe a mostra Quando Nem Tudo Era Gelo – Novas Descobertas no Continente Antártico, até setembro.

Fonte: Agência Brasil EBC

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , | Comentar

Primeira Rede de Bibliotecas Públicas a Usar o Software Biblivre é Inaugurada no Ceará

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) inaugurou na última semana a primeira rede de Bibliotecas Públicas do Brasil a disponibilizar o acervo no software Biblivre. A novidade apresenta mais de 300 mil registros de obras em um sistema de armazenamento e memória pertencentes ao Estado do Ceará.

O lançamento aconteceu durante o “IX Encontro de Bibliotecas Públicas do Ceará”, no Centro de Eventos do Ceará, durante a “XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará”, com a palestra do idealizador do Biblivre, Ubaldo Miranda.

 O software Biblivre

 O Biblivre é um software livre de gerenciamento de bibliotecas e de acervos gratuito para catalogação de recursos informacionais variados e sua disponibilização em um catálogo: controla autoridades e vocabulário, gerencia a circulação do acervo envolvendo os processos de consulta, empréstimo, renovação e a devolução dos materiais e a organização do processamento técnico, envolvendo desde o recebimento do material e descrição física até a impressão das etiquetas para armazenamento nas estantes.

O programa está adequado aos padrões internacionais da Biblioteconomia e ainda permite a interoperabilidade entre sistemas de gerenciamento de acervo com o protocolo Z39.50, sendo possível a mudança e migração de registros dos itens.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , , | Comentar