25 anos depois

Turma de Biblioteconomia formada pela UFMG se reencontra

Quatro anos intensos de convivência na faculdade. Tempo de muito estudo, aprendizado e formação de amizades levadas para toda a vida. Há 25 anos, uma turma concluiu o curso de Biblioteconomia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e cada um seguiu seu rumo profissional. No dia 11 de novembro deste ano, um grupo de ex-alunas decidiu se reunir para relembrar os velhos tempos.

Bibliotecárias se reencontram após 25 anos (Foto: Arquivo pessoal)

Para a bibliotecária Márcia Rocha de Aguiar (CRB-6 /1671), o reencontro foi ótimo. “Além da alegria de rever as colegas, fiquei hiper feliz de poder ver o quanto valeu a pena termos estudado. Cada uma, de maneira diferente, trilhou um caminho que nos levou a melhorar nossas vidas. Fiquei muito emocionada e orgulhosa de ver o tanto que a nossa turma conseguiu conquistar.”

Veja o que cada uma das participantes do encontro está fazendo hoje em dia:

– Cirlene da Silva Paixão (CRB-6/1806): Pós-graduada pela Strathclyde University (Escócia), já trabalhou como bibliotecária na FUMEC, TV Alterosa e UNI-BH. Passou pela Library of Congress, onde auxiliou diversos pesquisadores brasileiros, entre eles o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e a ex-primeira dama brasileira Ruth Cardoso. Atualmente é bibliotecária na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

– Débora Elisa Marinho de Oliveira (CRB-6/1928): Também se graduou em Direito. Foi bibliotecária por 14 anos na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Hoje é diretora geral da Faculdade Pitágoras, unidade Divinópolis.

– Jaqueline de Freitas Veloso (CRB-6/1652): Curadora de Atividades Culturais na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, em Itabira, desde 2000.

– Júnia de Pinho Mourão Meira (CRB-6/1527): Pós-graduada em Gestão de Arquivos e Documentos, trabalha no Sistema Faemg – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais.

– Lília Virginia Martins Santos (CRB-6/1776): Mestre em Ciência da Informação pela UFMG. Foi coordenadora do Programa de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte e atua há 20 anos nas bibliotecas escolares do município. Vencedora do I Prêmio Da Vinci Huis/IASL em 2010. Finalista do Prêmio Bom Exemplo (Rede Globo/Fiemg) e da Medalha Professora Etelvina Lima, do CRB-6.

– Ludmila Pereira Araújo Laguardia (CRB-6/1625): Pós-graduada em Pedagogia Empresarial e Gestão Estratégica da Informação. Atua no SEBRAE/MG desde 1995 e atualmente é responsável pela Biblioteca Digital da instituição.

– Márcia Rocha de Aguiar (CRB-6/1671): Pós-graduada em Tecnologia e Gestão da Informação pela UFRJ/CENAPE desde 2003. Trabalha na Caixa Econômica Federal desde 1989, mas atualmente está cedida para o Ministério dos Direitos Humanos.

– Maria Carmen Castello Branco Rena (CRB-6/1710): Pós-graduada em Educação e Relações Étnico-Raciais pela UFMG. Há 20 anos trabalha como bibliotecária na Escola Municipal Luiz Gatti, em Belo Horizonte.

– Marilda Martins Coelho: Pós-graduada em Gestão de Negócios e Inteligência Competitiva e mestre em Gestão de Documentos de Arquivos, ambos pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Bibliotecária da Petrobrás Transporte S.A., atua como Consultora em Gestão de Documentos na companhia.

– Marília Resende: Professora do Colégio Pitágoras. Em 2002, foi coordenadora da biblioteca infantil da instituição de ensino, além de ser responsável pela feira de livros durante oito anos.

– Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637): Atua como bibliotecária no Sistema Fiemg, na Escola Senai Américo Renê Giannetti. Coordenou a Comissão de Fiscalização do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) na 16ª gestão e, atualmente, é a presidente da entidade.

– Sindier Antônia Alves (CRB-6/1542): Desde 1996, é bibliotecária da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) da UFMG. Coordenou a Comissão de Bibliotecas Escolares na 16º e 17º gestões do CRB-6. É mestre em Estudos de Linguagem pelo CEFET-MG e doutoranda em Ciências da Educação pela Universidade do Minho, em Portugal.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*