A saga “Deuses de Dois Mundos” quer te cativar através da mitologia africana

Deuses de Dois Mundos

PJ Pereira é um publicitário que teve uma ideia: Há mais ou menos dez anos começou escrever um livro que teria mitologia africana como pano de fundo para uma história épica.

Pereira não teve sucesso com editoras, mas não desistiu do projeto. Foi depois de conquistar um Emmy pela campanha The Beauty Inside, da Intel, que o sócio e diretor de arte da Pereira & O’Dell chamou atenção para seu livro. Daí a história que tinha 800 páginas foi recontada de um novo jeito e virou uma trilogia.

O Livro do Silêncio, a primeira parte da saga Deuses de Dois Mundos, nos apresenta o cenário. Há tempos, os Adivinhos eram pessoas consultadas para que as pessoas pudessem tomar qualquer decisão importante. Um dia, Orunmilá, o maior dos Adivinhos, não recebia mais respostas de seus instrumentos. Daí os Imortais ordenaram que ele recrutasse um grupo de guerreiros para que o destino voltasse aos trilhos. Abaixo você confere o book trailer, com a maravilhosa narração de Gilberto Gil.

A saga Deuses de Dois Mundos já está a todo o vapor quando se trata de outras mídias. A The Alchemist, responsável por Smalville e Heroes, vai produzir uma série sobre a história de PJ Pereira. Estamos com os dedos cruzados pra que seja algo meio Spartacus meets Game Of Thrones. Além disso, a Disruption Entertainment, responsável por Círculo de Fogo e A Supremacia Bourne, já está envolvida na produção de um filme da série. Há também conversar para transformar Deuses de Dois Mundos em uma graphic novel (ufa!).

O autor, que admite ter se inspirado em Harry Potter para construir sua narrativa (e a gente bem enxerga um leve legado rick-riordense aí também), já tem planos para um quarto livro, que de alguma forma se conectará com a história principal.

O Livro do Silêncio já está nas livrarias desde o dia 25 do mês passado, mas o segundo capítulo da saga ainda não tem data para ser lançado.

>> Veja vídeo

Se você já está super curioso pra conferir essa história e tá com os dedos coçando pra procurar mais sobre as divindades africanas, a gente te ajuda. É que há um tempinho bombou nas interwebs um trabalho de manipulação do artista James C. Lewis. Você pode conferir todas as imagens aqui.

Fonte: QDNG

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*