Alguns e-books vendem mais que os outros

A Smashwords publicou uma série de estatísticas sobre vendas de ebooks da sua plataforma de autores independentes, analisando as características dos ebooks que venderam mais (e dos que venderam menos), tendo como amostragem um volume de 100 mil obras. A análise de Mark Coker (fundador da Smashwords) é tranquilamente uma das mais completas e interessantes já tornadas públicas.

Segundo os dados apurados, os livros digitais que venderam mais, no período entre 1º de maio de 2012 até 31 de março de 2013, tinham uma média de 115 mil palavras, títulos curtos (com até 4,5 palavras) e custavam US$ 2,99. Ele descobriu o seguinte:

• As vendas de ebooks se encaixam no modelo editorial tradicional – a maioria dos ebooks não venderam bem, mas os poucos que venderam, venderam bem demais…

>> Continue lendo

Fonte: Revolução eBook | Eduardo Melo

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*