Assembleia Legislativa de Minas Gerais recebe container com 15 mil livros

Ação itinerante de compartilhamento de exemplares ficará no Hall das Bandeiras até o dia 23 de julho.

O container, que tem 6 metros de comprimento, é estruturado com ar‑condicionado, computador, internet e uma tenda anexa com espaço para leitura (Foto: Ricardo Barbosa)

O container, que tem 6 metros de comprimento, é estruturado com ar‑condicionado, computador, internet e uma tenda anexa com espaço para leitura (Foto: Ricardo Barbosa)

Interessados em compartilhar livros ou escolher um exemplar para levar para casa sem custo podem fazer uma visita ao Container com Letras, no Hall das Bandeiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A ação itinerante, que acontece desta segunda‑feira (3/7/17) até 23 de julho, das 10 às 19 horas, é uma iniciativa da organização não governamental Biblioteca de Compartilhamento e conta com o apoio da ALMG.

Cerca de 15 mil obras estão disponíveis aos visitantes nas estantes do container de 6 metros de comprimento, estruturado com ar‑condicionado, computador, internet e uma tenda anexa com espaço para leitura.

Na terça-feira (4), a partir das 16 horas, haverá programação especial em um palco instalado próximo ao espaço, com show do violoncelista Cid Ornellas e sarau com a poeta mineira Fátima Soares.

“Nós nos baseamos em valores da sustentabilidade e na ideia do desapego para propor, por meio do projeto, a desconstrução do conceito de propriedade. Acreditamos que o que fica acumulado deve circular, inclusive na literatura”, conta uma das diretoras do Biblioteca de Compartilhamento, Giane Drumond.

Projeto

O acervo atual do Container com Letras possui mais de 45 mil livros, que ficam divididos em dois containers e um ponto de estoque. Além da função de biblioteca comunitária, a iniciativa promove, desde outubro de 2016, ações culturais, oficinas, palestras, contação de histórias e lançamento de livros.

A equipe que organiza o projeto é formada por Giane, pelo seu mentor Fagner Diniz e pelo diretor Wiler Guerra.

Fonte: ALMG

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*