Campanha incentiva foliões a preservar patrimônio de Ouro Preto

Data de publicação: 08/02/2013

Por Gustavo Werneck

Iniciativa voluntária e importante para evitar a depredação do patrimônio cultural de Ouro Preto, na Região Central do estado. Hoje, véspera de um dos carnavais mais animados do estado, estudantes do curso superior de tecnologia em conservação e restauro do Instituto Federal Minas Gerais (IFMG) vão percorrer as ruas do Centro Histórico para conscientizar os visitantes para a preservação do casario, igrejas, monumentos e outros tesouros da antiga Vila Rica. “A campanha é simples, consiste na distribuição de um folheto com dicas valiosas e uma conversa com os turistas. A ideia partiu dos alunos”, informou a professora do curso e diretora de gradução e pós-gradução, Maria Cristina Rocha Simão. Na folia do ano passado, o vandalismo deixou uma cruz quebrada no Bairro da Barra.

A intenção dos estudantes é visitar repúblicas, pousadas, hotéis, bares, restaurantes e demais locais com concentração de turistas. “No corpo a corpo, eles vão alertar também os moradores sobre a responsabilidade e o papel de cada um na conservação de um dos maiores acervos históricos do país”, afirma Maria Cristina. O estudante do segundo período Alex Alves Pereira está entusiasmado com a atividade um dia antes de o samba tomar conta, com força total, das ladeiras. “O objetivo é sensibilizar as pessoas, impedir que sujem as fachadas, depredem os monumentos, enfim, ajudem a conservar a cidade, que é Patrimônio Cultural da Humanidade”, diz o estudante natural de Belo Horizonte.

A ideia dos estudantes é ampliar as campanhas sociais. “Queremos, em breve, executar outras maiores, que atendam as cidades coloniais mineiras”, explica Alex. O curso superior de Tecnologia em Conservação e Restauro do IFMG é o primeiro e único no Brasil voltado para a preservação e de bens materiais imóveis (edificações). “Acredito que a iniciativa servirá para impedir riscos ao conjunto arquitetônico.” O grupo optou por fazer a divulgação antes da folia, quando os visitantes estão chegando à cidade, afinal, de sábado a terça-feira, ficará difícil a abordagem devido ao clima de descontração, irreverência e bebedeira.

Ouro vivo

Pela primeira vez, o carnaval de Ouro Preto será monitorado pela moderna tecnologia. Já está em operação o Guardião Ouro Vivo, nome que ganhou o projeto Olho Vivo na cidade. Segundo a prefeitura, o sistema com 24 câmeras está distribuído por diversos pontos da cidade no período de 24 horas por dia. Implantados desde o ano passado, os equipamentos entraram em cena graças à parceria entre governo do estado e município, estando sob cuidados da Guarda Municipal. O sistema funcionará no dia a dia da população e não apenas durante a farra momesca.

Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/02/08/interna_gerais,349270/campanha-incentiva-folioes-a-preservar-patrimonio-de-ouro-preto.shtml

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*