Centro Cultural Carmélia enfrenta abandono em Vitória

Local que tinha teatro, biblioteca, cinema, espaço para ensaios está sem funcionar há oito anos. Reforma deve custar R$ 3 milhões.

O Centro Cultural Carmélia Maria de Souza está em situação de abandono em Vitória. O local, que tinha teatro, cinema e espaço para ensaios, está há oito anos sem funcionar. Mesmo com a vida cultural intensa que já teve, está praticamente vazio.

Centro Cultural Carmélia está sem funcionar para atividades culturais há oito anos (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Centro Cultural Carmélia está sem funcionar para atividades culturais há oito anos (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

O agitador cultural Raimundo Oliveira contou que sente saudade do espaço que frequentou por muitos anos.

“Aqui nós tínhamos um belíssimo cinema, aqui nós tínhamos um teatro com uma acústica excelente, aqui nós tínhamos uma biblioteca com um acervo literário excelente, o hall tinha um centro de exposições, tínhamos um anexo que era um salão de confecção de artesanato. Essa já foi a maior referência cultural do estado”, lembrou.

Desde que foi inaugurado em 1986, o Centro Cultural Carmélia já sediou grandes espetáculos, festivais de teatro, e já recebeu artistas locais e conhecidos nacionalmente.
Trinta e um anos depois, o local tem mato no chão e nos telhados, infiltrações, vazamento nos banheiros que estão desativados, e mesas com cadeiras fechadas. Apenas a TV Educativa está em funcionamento no centro.

Enquanto o local está abandonado, quem trabalha com teatro encontra dificuldades de achar locais para apresentar as peças. Segundo o Sindicato dos Artistas do Espírito Santo, a cidade de Vitória tem teatros, mas só conseguem usar dois, porque um deles é só para orquestras e os outros dois são caros e eles não conseguem pagar.

“O palco do teatro José Carlos de Oliveira, que as pessoas conhecem como o palco do teatro Carmélia, é o melhor para nós. Quando a gente vê um teatro aqui como esse fechado há oito anos e aí como fica? Como fica o nosso mercado? É impossível conceber um centro como esse do jeito que está. Eu acho que tem que ter uma política muito mais veloz para cá”, questionou a presidente do sindicato, Verônica Gomes.

A Prefeitura de Vitória disse que está com um projeto de reforma pronto, mas que só deve começar em 2018.

“Nós vamos firmar um contrato de financiamento para receber recursos para essa obra. Imaginamos que no início de 2018, possamos fazer a licitação para contratação dessa reforma”, afirmou a secretária de Desenvolvimento de Vitória, Lenise Loureiro.

A reforma do Centro Cultural Carmélia deve custar R$ 3 milhões e a assinatura do convênio acontece até o final do mês de agosto.

Fonte: G1

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

One Comment

  1. Gregório
    Posted 15 de setembro de 2017 at 11:44 | Permalink

    O abandono do Carmélia representa com exatidão a importância da arte e da cultura na atual gestão municipal e estadual. É um descaso absurdo e criminoso.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*