Colunista comenta sobre roubo de livros por quadrilhas

nota_1

A jornalista Raquel Cozer publicou em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo no último dia 21, matéria que discute o frequente roubo de livros raros e documentos históricos por quadrilhas especializadas no assunto.

Segundo a colunista, o descaso das autoridades associado aos altos valores que essas publicações têm, resultam em crimes milionários. Desde 2003, dez grandes roubos aconteceram no país. Todos comandados pelo ex-estudante de Biblioteconomia, Laéssio Rodrigues de Oliveira, que furtou obras avaliadas em mais de dois milhões de reais. O ex-estudante está atualmente no Centro de Detenção Provisória (CDP) em Hortolândia, mas ficou em liberdade até o final de 2013.

A matéria traz mais casos e exemplos de roubo de acervos especiais. Para ler a publicação completa, clique aqui.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*