Conheça a base Libes voltada para bibliotecas escolares

Base oferece conteúdo de pesquisa em Ciência da Informação consolidado

A Literatura Brasileira em Biblioteca Escolar (Libes) é uma base de dados que reúne referências de documentos sobre esses espaços, produzidos no Brasil a partir da década de 1960. Inclui livros, artigos de periódicos, dissertações, teses, trabalhos apresentados em eventos e documentos governamentais. Não são incluídas monografias de especialização e trabalhos de conclusão de curso.

LIBES

A alimentação da Libes é de responsabilidade do Grupo de Estudos em Biblioteca Escolar (Gebe) e da Biblioteca Etelvina Lima da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG). Mas espera-se que a atualização seja um trabalho coletivo que enriqueça permanentemente a base. “Assim, estamos solicitando a colaboração de todos os interessados no tema da biblioteca escolar, no sentido de enviar referências sobre o assunto que não constem na base”, declara a professora Bernadete Campello (CRB-6/255), entrevistada pelo Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6). Confira os destaques e mais informações sobre o projeto na entrevista, abaixo.

Como surgiu a ideia da base?

A intenção de disponibilizar uma base de dados que reunisse referências de artigos sobre biblioteca escolar, publicados no Brasil, surgiu logo após a criação do Gebe, no final da década de 90. Havia uma crença generalizada de que existia pouco material sobre o tema. Entretanto, naquela época, a coleção da Biblioteca Etelvina Lima, da ECI/UFMG, onde o grupo está sediado, já contava com uma boa quantidade de literatura técnica sobre a área. Além disso, tínhamos notícias de dissertações e teses defendidas nos cursos de pós-graduação que se consolidavam no país.

Nessa ocasião, o Gebe contava com alunos do curso de Biblioteconomia, que eram bolsistas do Programa de Aprimoramento Discente (PAD). Esse grupo começou a reunir as referências para montar a Libes, que começou com cerca de 300 referências. Atualmente, esse volume de conteúdo duplicou, desmistificando a crença de que há pouco material sobre biblioteca escolar em português.

Quais são os resultados esperados com o projeto?

A expectativa é de que a Libes seja um instrumento eficiente de pesquisas sobre esse segmento.  Assim, ela poderá ajudar os estudiosos a encontrarem material para suas investigações e a apoiar a formação estudantes, dando acesso a uma parcela significativa da literatura sobre o tema. Espera-se que a Libes garanta uma cobertura abrangente e atualizada, constituindo um mecanismo para o avanço na produção de pesquisas no Brasil sobre esse campo, especificamente. Além disso, já que a base de dados indexa relatos de experiências, geralmente na forma de trabalhos apresentados em eventos, ela pode, também, constituir um repositório de boas práticas em biblioteca escolar, servindo para que os profissionais da área implementem projetos inovadores nas instituições de ensino.

Quais são os critérios para inclusão dos itens na Libes?

Ela foi criada com a proposta ser uma base abrangente, reunindo toda a produção nacional sobre biblioteca escolar, na forma de artigos de periódicos, teses, dissertações, monografias de especialização, livros, trabalhos apresentados em eventos, relatórios governamentais. Até o momento, a única exclusão são os trabalhos de conclusão de cursos de graduação e matérias jornalísticas.

A Libes é alimentada pela Biblioteca Etelvina Lima, que utiliza o software Refbase e permite a recuperação simples dos itens indexados por autor, título, ano, palavra-chave e resumo. A base inclui, ainda, os resumos originais dos documentos e fornece acesso ao texto completo, desde que disponível na internet. Uma característica interessante é que se trata de um empreendimento colaborativo, isto é, qualquer pessoa pode enviar referências para serem incluídas. Se o item enviado estiver dentro dos critérios, será inserido na base.

Importância da base para pesquisadores

Segundo Sindier Antônia (CRB-6/1542), coordenadora da Comissão de Bibliotecas Escolares do CRB-6, essa base de dados é importante porque reúne grande parte da produção sobre o tema. “Todos os alunos e professores da ECI podem encontrar na Libes um material imenso sobre bibliotecas escolares. Por isso, para nós, da área, essa seleção abrangente é extremamente relevante para fomentar novas pesquisas”, afirma.

Envio de informações

Se você tem interesse em contribuir com o programa, envie o material para bib@eci.ufmg.br. Pode-se enviar a referência, o texto completo ou o link para o documento, se estiver disponível na internet. Para saber mais, acesse: http://libes.eci.ufmg.br/.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*