CRB-6 reúne-se com Colégio Tiradentes

Para promover a valorização profissional, CRB-6 reúne-se com membros do Colégio Tiradentes para tratar da obrigatoriedade de bibliotecários na rede de ensino

Representantes do CRB-6 e do Colégio Tiradentes

Representantes do CRB-6 e do Colégio Tiradentes

No dia 14 de junho, a presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637) e o bibliotecário fiscal Lúcio Tannure (CRB-6/2266) estiveram no Colégio Tiradentes de Belo Horizonte, com o cel. Alfredo José Alves Veloso e o cel. Márcio de Ares da Silva, para uma reunião que tratou da obrigatoriedade de bibliotecários na rede de ensino da instituição.

O cel. Veloso relatou que será enviado um ofício solicitando ao Governo do Estado de Minas Gerais a contratação dos dois analistas de gestão com formação em Biblioteconomia, aprovados no último concurso público realizado. Para ele as ações do Conselho fortalecem a necessidade de efetivar a atuação desses profissionais na área.

Foi relatado também que a Polícia Militar (PM) possui, atualmente, 24 unidades escolares, e que os bibliotecários lotados na coordenação da PM serão responsáveis pela coordenação e estruturação de todas as bibliotecas. A contratação de profissionais capacitados nas escolas somente é possível com a alteração da legislação. Negociações já estão sendo realizadas com a Secretária de Educação do Estado de Minas Gerais (SEE-MG).

O cel. Veloso convidou o CRB-6 para participar da elaboração da Instrução Anual da PM, referente à contratação, via designação de profissionais, para atuarem nas escolas.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

2 Comments

  1. Rafaella
    Posted 27 de julho de 2016 at 20:59 | Permalink

    Parabéns ao CRB6 pela mobilização em defesa das bibliotecas e dos bibliotecários,
    Só assim teremos um futuro melhor na área da educação.
    Em relação à reportagem sobre o colégio Tiradentes, o ultimo concurso do mesmo ocorreu em 2015 com 2 vagas para AGPM – Analista de Gestão – Biblioteconomia. Agora lendo o que foi postado no blog do CRB6, existe 24 unidades escolares da PM ou seja do colégio Tiradentes, e que os dois analistas aprovados seriam/serão nomeados para estruturar e coordenar todas as bibliotecas dessas escolas (Pelo menos foi o que entendi). Até aqui tudo bem, mesmo sabendo que 2 profissionais para esse tanto de escola/biblioteca acaba sendo inviável, mas enfim, não vamos entrar nesse assunto, o importante é nomear esses profissionais, mesmo não sendo um numero ideal.
    A minha dúvida se refere ao último parágrafo: “O cel. Veloso convidou o CRB-6 para participar da elaboração da Instrução Anual da PM, referente à contratação, via designação de profissionais, para atuarem nas escolas.” Por que contratar profissionais via designação, se existe uma lista com 140 profissionais bibliotecários que fizeram o último concurso do colégio Tiradentes e estão na expectativa de serem nomeados (mesmo sabendo que no edital tinha só 2 vagas).
    Agora parece que existem mais vagas (provavelmente futuras) pelo que a reportagem deu a entender, e sabemos que quando existem vagas e necessidade além das especificadas no edital, a preferência é para os que estão no cadastro de espera. O que seria essa Instrução Anual da PM? Por que designar sendo que existe essa lista com profissionais que investiram tempo e dedicação aos estudos. É uma falta de respeito com essas pessoas, se não pode nomear a quantidade certa e ideal de profissionais por causa de questões burocráticas que precisam ser resolvidas ou revistas, pelo menos, se futuramente surgir essas vagas para designação que seja dada preferência ao pessoal da lista do concurso por ordem de classificação.
    Enfim, essas são minhas considerações, pois fiz esse concurso e fiquei na lista de espera, e ao ler a reportagem pensei em mim e nos meus colegas de profissão, em como seriamos injustiçados, caso essas designações ocorram.

    Desde já agradeço a atenção.

    • admin
      Posted 2 de agosto de 2016 at 15:12 | Permalink

      Prezada Rafaella,

      Agradecemos o seu contato.

      A contratação via designação faz necessário visto que existe somente 2 vagas autorizada para o cargo de Analista de Gestão – Biblioteconomia, mesmo tendo mais 138 bibliotecários aprovados no concurso.

      Neste momento o trabalho será realizado para que os bibliotecários possam ocupar o Cargo de Professor de Uso de Biblioteca, este sim, tem vagas para todas as escolas e hoje são ocupadas por profissionais formados em pedagogia ou normal superior é um trabalho paliativo, o nosso interesse é sim criar as vagas para bibliotecários e que nós possamos ocupar as vagas como efetivos e não como designados.

      Abraços

      Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637)
      Presidente do CRB-6

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*