Documento raro do acervo da UFMG recebe selo da Unesco

Documento do setor de obras raras da Biblioteca Universitária da UFMG, o Testamento de Martim Afonso e de sua esposa Dona Ana Pimentel está entre os dez acervos selecionados pelo Comitê MoW Brasil que receberão o Registro Nacional do Programa Memória do Mundo da Unesco. A lista dos selecionados foi divulgada nesta sexta-feira (6).

Testamento registra as disposições finais de um dos primeiros capitães donatários do Brasil (Foto: Carla Pedrosa)

Testamento registra as disposições finais de um dos primeiros capitães donatários do Brasil (Foto: Carla Pedrosa)

Doado para a UFMG em 1971 e datado de 1533, o documento trata das disposições finais de um dos primeiros exploradores e capitães donatários do Brasil, e de sua esposa Dona Ana Pimentel, que também participou da colonização do país quando Martim Afonso foi transferido para ocupar o cargo de vice-rei da Índia.

O testamento é um dos poucos exemplares manuscritos da coleção da Galeria Brasiliana, idealizada pelo jornalista e empresário Assis Chateaubriand para inaugurar um museu de arte e história em Minas Gerais. O projeto não foi concluído devido à falência das empresas de Chateaubriand em 1964. No mesmo ano, a Coleção Brasiliana foi emprestada para a UFMG e doada oficialmente após a morte do empresário, ficando sob a guarda da Divisão de Coleções Especiais e Obras Raras, no quarto andar da Biblioteca Central.

Fonte: UFMG | Hoje em Dia

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*