Fiscalização gera resultados em Minas Gerais

Bibliotecária é contratada em escola particular de Divinópolis após atuação do Conselho

Márcia Aparecida Cecílio (CRB-6/1660) é a nova bibliotecária de uma escola particular de Divinópolis (MG). Ela foi contratada após ação fiscalizatória do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) em instituições públicas e privadas mineiras e capixabas.

Márcia foi contratada após fiscalização pelo CRB-6 (Foto: Arquivo pessoal)

Desde que assumiu a função, no segundo semestre de 2016, ela organizou todo o acervo e registrou os livros. “Antes existia uma sala com livros, agora temos uma biblioteca. Retirei muitos livros didáticos e estou implantando um sistema para consulta e empréstimo”, explica Márcia. Além disso, a profissional já promoveu alguns eventos na instituição, como a Semana da Arte e Cultura.

Ela acredita que o trabalho do CRB-6 é fundamental para a valorização da profissão. “O Conselho precisa intensificar as fiscalizações no interior do Estado e obrigar as escolas que não têm bibliotecários a contratar. Nossa categoria ainda é muito pouco valorizada”, reforça. Para a presidente do Conselho, Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637), o papel do CRB-6 vai ao encontro da opinião de Márcia. “As fiscalizações são fundamentais para o reconhecimento da importância do profissional de Biblioteconomia”, afirma.

Em defesa da profissão

O CRB-6 tem publicado uma série de matérias que destacam profissionais contratados para assumir a gestão de espaços que não possuíam bibliotecários. Acompanhe os relatos dos bibliotecários Camila Canto Garcia Netto (CRB-6/3365), Marcos Roberto da Silva (CRB-6/2655), Nádia Santos Barbosa (CRB-6/3178/P), Luiz André OrbezSchubsky (CRB-6/3343), Fernanda Samla Souza Costa (CRB-6/3289), Cristina Maria Viana Camilo de Oliveira(CRB-6/1819), Célia Barbosa (CRB-6/3123), Ana Simone Diamantino (CRB-6/2184) e Ana Paula Meira (CRB-6/2768), todas beneficiadas pela fiscalização do CRB-6.

O objetivo do Conselho é garantir que todas as bibliotecas em Minas Gerais e no Espírito Santo tenham um profissional devidamente habilitado para geri-las. Este é um forte compromisso da 17º Gestão do CRB-6.

Informe a fiscalização

Se você tiver conhecimento de alguma instituição cuja biblioteca não possui bibliotecário, denuncie (crb6@crb6.org.br). As denúncias e todo o processo fiscalizatório são mantidos sob sigilo. Mais informações sobre o assunto estão disponíveis no site www.crb6.org.br.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*