Frete para envio de livros pode ficar mais caro

O envio de certos livros agora fica mais caro. Os Correios resolveram limitar a modalidade de envio “impresso normal”, voltada justamente para o despacho mais barato de livros. Nessa modalidade, uma tabela permite variação de preço a cada faixa de peso, até um peso máximo, sem considerar a distância.

O limite antes era de 20 kg, e agora passa a ser de somente 2 kg. Em 2016, os Correios já haviam tentado limitar a modalidade de envio -à época, a ideia era diminuir o peso permitido de 20 kg para 500 g, mas a empresa acabou recuando.

A medida deve afetar o envio de livros técnicos, como obras de medicina e direito, que costumam ultrapassar o peso agora permitido. Os livreiros menores e sebos em locais longe do eixo Rio-São Paulo também devem sentir mais os efeitos da mudança.

Para ter uma ideia, 67% das compras feitas na Estante Virtual são feitas fora do Rio e de São Paulo.

“Há livreiros distantes que sobrevivem com as vendas on-line. Agora, com a alteração, fica difícil eles concorrerem com o grande e-commerce”, diz Richard Svartman, CEO da Estante Virtual.

Menino e elefante no livro 'As Aventuras de Tommy' (ed. Piu), escrito e ilustrado por H.G. Wells (Foto: Divulgação)

Menino e elefante no livro ‘As Aventuras de Tommy’ (ed. Piu), escrito e ilustrado por H.G. Wells (Foto: Divulgação)

Bolapé

O historiador Luiz Antonio Simas, convidado da Flip, lança pela Mórula em julho “Ode a Mauro Shampoo e Outras Histórias da Várzea”, livro de crônicas sobre futebol, como foco em anedotas curiosas e times pequenos (como o Colo-Colo, o Alecrim e os Calouros do Ar).

Bolapé 2

O título, aliás, é uma homenagem a Mauro Shampoo, que foi centroavante do Íbis Sport Club por dez anos e só fez um gol. Hoje, o atleta é cabeleireiro no Recife.

Números

Com inscrições encerradas, o Prêmio São Paulo de Literatura teve 193 obras habilitadas para a disputa, com autores de 22 Estados brasileiros e alguns residentes no exterior.

De volta

Depois de existir por breves três edições e ser suspenso por dois anos, o Prêmio Paraná de Literatura vai voltar. As inscrições serão abertas dia 21/6, pelo site bpp.pr.gov.br.

De volta 2

A volta do troféu coincide com os 160 anos da Biblioteca Pública do Paraná. Podem ser inscritos livros inéditos nos gêneros romance, contos e poesia -e os vencedores de cada categoria receberão R$ 30 mil.

De volta 3

Quem ganhar terá seu livro publicado pelo selo da biblioteca, com tiragem de mil exemplares. O ganhador também receberá cem cópias do seu livro. Depois, o autor fica livre para negociar sua obra com editoras.

Fonte: Folha de S. Paulo

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*