História da música latino-americana é preservada em acervo na Espanha

Localizado em San Lorenzo de El Escorial, na Espanha, a coleção Gladys Palmera reúne mais de cem mil peças da música latina

(Crédito: Alejandra Fierro Eleta)

          A coleção Gladys Palmera é o maior acervo de música latino-americana do mundo com fotos, fitas, CDs, livros, bibelôs e álbuns. O acervo é considerado um tesouro da pequena cidade espanhola de San Lorenzo de El Escorial,  a meia de hora de Madri.

Iniciada em 1980, Gladys Palmera é um alter-ego de sua fundadora, Alejandra Fierro Eleta, que adquiriu os discos durante duas incursões em mais de 40 países e cidades. Abrigando mais de cem mil itens, sendo a maioria composta por LPs, a casa abriga materiais do período das gravações em goma-laca, no início do Século 20 aos bolachões de 12 polegadas dos Anos 70.  Dentre as obras que enchem as longas prateleiras do acervo, a primeira edição do clássico “A tábua de Esmeralda”, de Jorge Ben Jor, é uma das raridades.

A casa também mantém uma rádio com o mesmo nome da coleção, transmitindo pela internet parte do acervo, contribuindo para a divulgação mundial da música latino-americana. Música afro-cubana, ritmos caribenhos, jazz latino, rumba e bolero são um dos gêneros mais tocados pela estação.  A coleção tem de mil exemplares de discos brasileiros, como os cantores clássicos João Gilberto e João do Vale.

A organização do ambiente é uma grande preocupação dos diretores, pois a casa está situada em uma cidade de clima mais seco com  temperatura e iluminação, sendo considerados aspectos importantes na preservação da coleção. A casa possui  dez funcionários com funções entre aquisição, catalogação, curadoria e programação da rádio.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*