Literatura e aprendizado em Barbacena

Escola pública de Barbacena arrecada doações para construção de biblioteca

A Escola Municipal Sebastião Francisco Vale, em Barbacena, está arrecadando doações para a construção de uma biblioteca. A ideia surgiu por meio de um projeto de reforço à alfabetização de crianças e adolescentes do ensino fundamental, coordenado pela professora de História, Andréa França.

O objetivo é que o espaço tenha baixo custo de construção, seja sustentável e permaneça aberto à comunidade após a inauguração. O local escolhido é um antigo coreto, que fica dentro da escola e já possuía uma base estrutural. As obras começaram em 2013 e desde então a comunidade escolar busca doações para a concretização do projeto. “Há três anos esperamos por doações materiais e humanas. A descrença na educação leva o ser humano a esquecer de que este é o único caminho para resolver qualquer outro problema social. Mas, como educadores que somos, resolvemos continuar lutando pra criar condições dignas de escolaridade na comunidade”, explica a professora. Vale lembrar que a escola ainda precisa de mão de obra, livros e mobiliário.

Biblioteca sustentável promove acesso à literatura a mais de 600 alunos (Foto: Divulgação)

Biblioteca sustentável promove acesso à literatura a mais de 600 alunos (Foto: Divulgação)

Ainda de acordo com a professora, a escola não recebe recursos suficientes para realizar obras necessárias para garantir a qualidade do ensino que busca oferecer aos alunos e a infraestrutura requerida pelos professores.  Andréa afirma que a principal deficiência da escola é a falta de uma biblioteca que disponha de livros adequados para pesquisa e estudo dos alunos, além de um espaço que estimule o contato com o universo da literatura.

A implantação do projeto favorece crianças e adolescentes que vivem em área de vulnerabilidade social, com o intuito de torná-los cidadãos conscientes. Os interessados em contribuir com a construção do equipamento podem entregar as doações na escola, situada na Rua Basílio de Morais, s/nº, bairro Ipanema, ou depositar qualquer quantia na conta da instituição, no Banco do Brasil: Caixa Escolar Sebastião Francisco do Vale, Agência 0062, C/C 84746-1.

Fiscalização

É importante ressaltar que o Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) visitou as instituições públicas municipais de Barbacena e, constatada a falta de bibliotecários, encaminhou o processo para julgamento.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*