Mensaleiros podem ganhar abatimento de pena por leitura

A Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça analisa criação de Portaria para abatimento de pena de condenados por leitura, para a Penitenciária do Distrito Federal 1 (PDF1) – onde cumprem penas os mensaleiros. Segundo a Secretaria do Sistema Penitenciária de Brasília, os juízes avaliam um projeto piloto com redução de pena por livro lido, mas sem previsão de regulação. Na ânsia de reduzir dias na cadeia, José Dirceu (PT) lê seguidos títulos, com esperança de que a Portaria tenha efeito retroativo.

Silêncio

As obras lidas por Dirceu são um mistério, escolhidas pelo próprio, e sem critério de avaliação da Papuda. Procurado sobre a lista de títulos, seu advogado não retornou.

Como é

Nos presídios de outros Estados, como Paraná, o preso tem 30 dias para ler um livro, e fazer relatório que é submetido a avaliação de professor. Aí sim ganha redução de pena.

Na cabeceira

Enquanto não tem Portaria, Dirceu pode concluir, num dia, vários clássicos infantis como Soldadinho de Chumbo, Branca de Neve, Cinderela e outros.

Bom dia, Zé

Hoje, na Papuda, é assim: três dias trabalhados dão direito a um a menos de pena. Zé, assim chamado por colegas de serviço, varre o pátio e organiza livros na biblioteca.

Fonte: Coluna Esplanada

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*