Mobilidade urbana e leitura para a pessoa com deficiência visual são temas de seminário na Biblioteca Pública

Evento reúne especialistas e comunidade em mais uma atividade de comemoração dos 50 anos do setor Braille

Usuário utilizando a máquina Perkins (Foto: Asscom/SUBSL)

Usuário utilizando a máquina Perkins (Foto: Asscom/SUBSL)

As comemorações dos 50 anos do setor Braille da Luiz de Bessa, que movimentaram o setor desde março e incluíram exposições acessíveis, contação de histórias, palestras e uma homenagem da Câmara Municipal de Belo Horizonte, culminam no dia 22 de outubro, quinta-feira, com o seminário 50 Anos do Setor Braille.

Em duas mesas redondas, o evento vai reunir pessoas com deficiência visual, especialistas em acessibilidade, pesquisadores e educadores para discutir dois pontos de extrema relevância para a pessoa cega: a mobilidade urbana e a leitura.

“O objetivo do evento é colocar em foco questões que ainda têm pouco espaço, com um diferencial importante: a participação direta dos próprios cegos à frente da discussão. Entre os palestrantes e mediadores teremos quatro pessoas com deficiência. Na plateia, esperamos que sejam dezenas, contribuindo com suas vozes para o debate”, convoca o coordenador do setor Braille, Glicélio Ramos.

A primeira mesa, de 9h a 12h, é dedicada à mobilidade urbana. Beto Pereira, representante da Laramara – Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual, fala sobre o cão-guia como facilitador da acessibilidade; o professor Marcelo Guimarães, do Laboratório ADAPTSE da UFMG, discute a mobilidade urbana sob o ponto de vista de quem pesquisa o tema; e Romerito Nascimento, da Coordenadoria Especial da Pessoa com Deficiência do Governo de Minas Gerais, fala das experiências e dificuldades das pessoas com deficiência visual nos seus deslocamentos diários.

Na parte da tarde, de 14h a 17h, o tema é a leitura. Ana Paula Silva, da Fundação Dorina Nowill para Cegos, comenta sobre a leitura acessível e seus diversos formatos; Beto Pereira fala sobre tecnologias assistivas; e Kátia Mendes de Oliveira, do Instituto Benjamin Constant, discute os desafios e estratégias para a alfabetização de crianças cegas.

O seminário 50 Anos do Setor Braille acontece no dia 22 de outubro, quinta-feira, de 9h a 17h, no Teatro José Aparecido de Oliveira: Praça da Liberdade, 21. A participação é gratuita, e é possível comparecer a apenas uma das mesas ou a ambas. Para se inscrever, basta entrar em contato no (31) 3269 1222 ou braille.sub@gmail.com.

>> Programação completa

Serviço

Seminário 50 anos do setor Braille
Data e horário: 22 de outubro de 2015, quinta-feira, 9h a 17h
Local: Teatro José Aparecido de Oliveira. Praça da Liberdade, 21.
Entrada: Gratuita
Informações e inscrições: braille.sub@gmail.comou (31) 3269 1222

Fonte: Governo de Minas Gerais

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*