Padeiro Belga é o Único “Bibliotecário de Pães” do Mundo

(Crédito: Divulgação)

O padeiro belga Karl de Smedt, 38 anos, pode ser chamado de Bibliotecário de pães. Há sete anos, ele se dedica à catalogação de massas madres (também conhecida como massas azeda, levain ou sourdough), cujo acervo é composto por 122 produtos de 21 países diferentes.

Massa madre é um organismo vivo um, uma espécie de fermento natural. Cada pão produzido com esses fermentos apresenta textura, sabor e cheiro característico.

No site, o padeiro incentiva interessados no mundo a catalogarem massas com suas características e histórias. A iniciativa é financiada pela multinacional de panificação Puratos, empresa da qual De Smedt é empregado desde 1994.

Para preservar receitas e ingredientes tradicionais, Karl viaja por diversos países para conversar com produtores locais e recolher amostras de diferentes tipos de massa azeda que são estudadas e cuidadosamente armazenadas. Ele tem quatro massas do Brasil em seus registros.

O acervo não é aberto ao público, mas é possível conferir os itens virtualmente. Quem tem curiosidade sobre fermentação natural, pode acessar o site da iniciativa e confira o acervo de massas.

Fonte: Folha Uol

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Leave a Reply