Pegue um ou deixe outro; mais de 12 mil livros para levar para casa de graça

Se você é um apaixonado por livros não pode deixar passar essa oportunidade! Em BH, dois containeres com livros DE GRAÇA estão à disposição do público! É isso mesmo: chega, escolhe e leva pra casa! Um está localizado no bairro Santo Agostinho e o outro na Esplanada do Mineirão. Cada pessoa pode levar pra casa entre 2 e 3 livros.

Projeto Container com Letras na Esplanada do Mineirão (Divulgação/Facebook Container com Letras)

Projeto Container com Letras na Esplanada do Mineirão (Foto: Container com Letras)

O container do bairro Santo Agostinho está parado no Halll da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Cerca de 15 mil livros estão disponíveis para os visitantes escolherem e levarem pra casa. Np local, o projeto funciona até o dia 23 de julho, das 10h às 19h. Em pouco mais de quatro dias de funcionamento, cerca de mil pessoas já passaram por lá.

Já o da Esplanada do Mineirão possui cerca de 12 mil obras no acervo. O container já está nesse local há mais de 70 dias, recebendo cerca de 130 pessoas por dia. Você pode ir lá e escolher o seu livro de segunda a sexta, das 16h às 21h; e sábados e domingos, das 14h às 21h.

Os dois containeres, com seis metros de comprimento, são estruturados com ar-condicionado, computador, internet e espaço para leitura. Além de receberem programações culturais em algumas datas, como lançamento de livros, contação de histórias, música, entre outros. Os espaços também recebem doações de livros.

Projeto Container com Letras

O projeto “Container com Letras” surgiu em outubro de 2016, com a iniciativa de Giane Drummond, Wiler Guerra e Fagner Diniz. Tudo começou com a doação de 1000 livros da biblioteca particular de uma amiga de Giane. Desde então, já possuem um acervo com 45 mil livros.

O curioso é que todos os livros recebidos não são catalogados. Nos containers são colocados de forma aleatória propositalmente. “A intenção é não ser mais uma biblioteca. E sim, um espaço que incentive o público a ler. Para as pessoas chegarem e procurarem o que gostam em meio a tantos títulos. E quem sabe, enquanto se procura por um livro de gastronomia, por exemplo, esbarrar com um Machado de Assis que desperte a atenção”, comenta Giane Drummond, coordenadora do projeto.

A biblioteca de compartimento já passou pelo bairro Alípio de Melo e pela cidade do Rio de Janeiro. Futuramente, as instalações devem seguir para Praça da Liberdade e para o Shopping Contagem.

Fonte: BHAZ

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*