Plug Minas lança campanha “Mini Bibliotecas Livres – Livros ao Alcance de Todos!”

Serão 20 equipamentos em formato de caixa de correio a serem distribuídas em espaços públicos de Belo Horizonte

Foi lançada, nesta segunda-feira (15 de maio), no prédio da Educação Integral e Integrada, no Plug Minas, o programa Mini Bibliotecas, iniciativa da Fundação Municipal de Cultura, de Belo Horizonte, a Sabic e Arcelor Mittal, com apoio da Secretaria de Estado de Educação (SEE). Serão 20 equipamentos em formado de caixas de correio, distribuídas em espaços públicos da Capital.
Segundo a gerente executiva do Plug Minas, Rosaura Portela, as mini bibliotecas ficarão nos prédios da Educação Integral e Integrada, Valores de Minas e na entrada da instituição, no espaço conhecido como “Caminhos”. “Essa instalação no prédio de entrada é para oferecer oportunidade da comunidade no entorno da unidade de ensino também participar”, explicou Rosaura.

O propósito é promover a descentralização da leitura e a mobilização comunitária, através de apropriação livre dos livros, espontâneas e múltiplas. As minibibliotecas são pequenas instalações, em formato de casinhas, com obras literárias disponíveis para serem usufruídas livremente pela comunidade, ficando a critério de cada um devolver, dar para outra pessoa, doar um livro ou até mesmo realizar ações coletivas no local. O objetivo é que a comunidade se aproprie da iniciativa e movimente as ações em torno de cada Mini Biblioteca.

O acervo das Mini Biblioteca Livres pode ser acessado por qualquer pessoa e não há a exigência da devolução. Cada um pode passar o livro adiante, ficar com ele e, através de aplicativo, doar outros exemplares.

O projeto conta, ainda, com um aplicativo com a localização e informações sobre as Mini Bibliotecas. O usuário poderá realizar doações e receber informações sobre as instituições e eventos que acontecem nas Mini Bibliotecas, facilitando o intercâmbio de experiências.

Com informações do Núcleo de Educação Integral do Plug Minas – Rua Santo Agostinho, 1441 – Horto – Belo Horizonte/MG.

Fonte: Agência Minas | Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*