Por que participar de um CRB?

Em entrevista, o presidente do CRB-10, Alexsander Ribeiro, fala sobre a importância dos conselhos

Com a proximidade das votações nos conselhos regionais de Biblioteconomia para o triênio 2018/2020, o site Biblioo entrevistou Alexsander Borges Ribeiro (CRB-10/1932), presidente do CRB-10, conselho com jurisdição no Rio Grande do Sul. Ele trouxe algumas reflexões sobre questões controversas que pontuam a atuação dos Conselhos CRBs e sobre a importância da participação dos profissionais da área nestes colegiados.

(Foto: Reprodução/Site Biblioo)

Na matéria, Alex Ribeiro detalha como os CRBs podem atuar frente às bibliotecas comunitárias, afirma que a legislação que regulamenta o trabalho do bibliotecário se encontra defasada e conta qual é o maior desafio enfrentados pelas gestões na atualidade. Ele também faz um balanço de sua passagem pelo CRB-10 e deixa um recado: “Todos os bibliotecários deveriam ter a experiência de ser conselheiro efetivo por algum tempo.”

Para a presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6), Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637), a entrevista veio na hora certa e foi muito esclarecedora. “Ele abordou temas importantes e necessários para reflexão. Temos que valorizar nossa profissão. A Biblioteconomia é regulamentada e ter um Conselho que cobra da sociedade o cumprimento da lei e o respeito ao profissional é um privilégio”, diz.

Leia a entrevista na íntegra aqui.

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*