Profissionais do livro ficam nus contra a censura

Livreiros e editores tiram a roupa em resposta ao ataque de ultra direitista a livros infantis

(Fotógrafo: Charles Delcourt LightMotiv/Foto: Reprodução)

(Fotógrafo: Charles Delcourt LightMotiv/Foto: Reprodução)

Livreiros, bibliotecários e editores franceses posaram nus (cobrindo as partes íntimas com livros, é claro) em resposta aos ataques feitos por conservadores de direita ao livro infantil Tous à poil! (Todos pelados em tradução livre), de Mark Daniau e Claire Franek, publicado pela editora francesa Le Rouergue. O livro foi violentamente criticado pelo líder do partido de direita UMP, Jean-François Copé. O infantil traz ilustrações de corpos nus, o que, para os seguidores de Copé é uma indecência. Tanta polêmica elevou as vendas de Tous à poil! No fechamento desta edição o livro estava na segunda posição da lista de mais vendidos da Amazon francesa na categoria Infantis e em sexto lugar na lista geral.

Fonte: PublishNews

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*