Reedição de ‘Minha Luta’, de Hitler, é sucesso na Alemanha

Obra que aborda as raízes do nazismo vendeu 85 mil exemplares em 2016

Adolf Hitler (Hulton Archive/Getty Images)

Adolf Hitler (Hulton Archive/Getty Images)

A reedição comentada de Mein Kampf (Minha Luta), de Adolf Hitler, publicada na Alemanha em janeiro de 2016 pela primeira vez desde 1945, se converteu num grande sucesso nas livrarias do país. Segundo o Instituto de História Contemporânea (IfZ) de Munique, que a princípio tinha determinado a impressão de 4.000 exemplares, foram produzidas seis edições ao longo do ano passado, somando o total de 85.000 exemplares vendidos. Em dois volumes, a obra tem cerca de 2.000 páginas e vem sendo comercializada a 59 euros (cerca de 200 reais).

Nessa nova versão, o texto original de Hitler é acompanhado de 3.500 notas históricas explicativas com o objetivo de evitar sua utilização como propaganda nazista. Seu relançamento foi alvo de muita controvérsia por causa do temor de alguns críticos em relação à interpretação das ideias do Führer, principalmente entre movimentos neonazistas . “Está comprovado que o medo de que esta publicação promova a ideologia de Hitler se revelou infundado”, afirmou, em um comunicado, o diretor da IfZ, Andreas Wirsching.

Segundo dados coletados pelo instituto, os compradores dessa reedição são principalmente pessoas interessadas em história e política, assim como profissionais do ensino. “O debate sobre a visão do mundo de Hitler e sua aproximação com a propaganda permitiu tratar as causas e consequências das ideologias totalitárias em uma época em que o autoritarismo e as ideias de extrema-direita estão ganhando terreno”, acrescentou Wirsching.

Fonte: Veja

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Leave a Reply