Rosana de Mont’Alverne, presidente da CML, defende o PELLLB-MG na da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

No último dia 22 de junho, o Conselho Estadual de Políticas Culturais (CONSEC) foi convidado pelo presidente da Comissão de Cultura da Assembleia legislativa, o deputado Bosco, para uma participar de uma reunião da Comissão realizada da Assembleia.

Presidente da CML Rosana de Mont’Alverne defende o PELLLB de Minas Gerais na da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa (Foto: CML)

Presidente da CML Rosana de Mont’Alverne defende o PELLLB de Minas Gerais na da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa (Foto: CML)

A presidente da CML – Câmara Mineira do Livro, Rosana de Mont’Alverne, que também representa a literatura junto ao CONSEC e coordena o PELLLB – Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas de Minas Gerais, havia sugerido a inclusão na pauta da reunião do CONSEC uma exposição sobre o PELLLB, seu status atual e a necessidade de apoio em busca de recursos para a próxima etapa: a regionalização dos debates.

O Secretário Adjunto de Estado da Cultura, João Miguel, levou para a reunião da Comissão de Cultura o tema e a presidente Rosana de Mont’Alverne aproveitou para apresentar o plano para os deputados, conselheiros, representantes do MinC e convidados presentes, demonstrando a importância do PELLLB não só para as áreas da Cultura e da Educação, como também para as cadeias Criativa e Produtiva do Livro em Minas Gerais.

Como resultado os deputados Bosco e Glaycon Franco, do Sr. Aníbal Macedo (Minc), dos Conselheiros do CONSEC e do Secretário Adjunto da Cultura assumiram compromisso com o prosseguimento e conclusão das etapas finais do PELLLB.

“Agora é hora de concentrar esforços para viabilizar soluções para a realização das reuniões regionais e debater o Plano com a sociedade civil e segmentos especializados no interior do Estado. Estou confiante e acho que a Câmara Mineira do Livro cumpre, assim, o seu papel de protagonista em favor da democratização do acesso ao livro; da formação de leitores e mediadores de leitura; da valorização institucional da leitura e incremento de seu valor simbólico, além, é claro, do desenvolvimento da economia do livro.” – Rosana de Mont’Alverne, presidente da Câmara Mineira do Livro

Fonte: CML

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*