Biblioteca integra história de Uberlândia

Sediada no marco zero da cidade de Uberlândia, a Biblioteca Pública Municipal Juscelino Kubitschek recebe leitores de todas as idades em busca de boas histórias. O local em que está situada a instituição guarda um significado histórico desde a fundação do município: foi a partir dali, em uma capela construída no século XVIII, que Uberlândia começou a ganhar corpo.

NOTA 2.1 (Small)Biblioteca Municipal Juscelino Kubitschek de Oliveira, localizada na região central de Uberlândia (Foto: Divulgação)

Além dessa unidade central, a cidade conta ainda com mais três pontos de acesso público à leitura. Um deles está no bairro Presidente Roosevelt, em que a Prefeitura, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), mantém uma biblioteca para os moradores. Além deste, no fim de 2015, outras duas instituições foram inauguradas – uma no bairro Shopping Park e outra no Campo Alegre. Ambas estão situadas na periferia, e integram o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), do Governo Federal. A biblioteca do Centro contribui com o acervo dessas unidades, ao distribuir entre elas as doações que recebe.

Os números da Juscelino Kubitschek são expressivos. A equipe é composta por 45 pessoas. Por dia, em média, mil visitantes comparecem ao local, que reúne aproximadamente 45 mil livros.

NOTA 2.2 (Small)Crianças participam de contação de histórias na biblioteca (Foto: Divulgação)

Denise Carvalho (CRB-6/1061), bibliotecária responsável pelo espaço, conta que realiza diversas atividades para cativar os habitantes da cidade. Entre elas está a organização de um grupo que discute a contação de histórias. “Aqui promovemos alguns encontros para debater como deve ser a contação. Algumas pessoas se reúnem mensalmente com a intenção de encaminhar propostas e estratégias ou simplesmente aperfeiçoar essa arte”, afirma.

Além disso, há o ônibus-biblioteca, um projeto que conta com quase 20 mil livros e circula há quase 30 anos. As rondas são realizadas no período da manhã, de segunda a sexta-feira, e a intenção é facilitar o acesso dos moradores de bairros mais afastados às obras que constituem o acervo.

NOTA 2.3 (Small)Ônibus-biblioteca funciona há quase 30 anos no município (Foto: Divulgação)

Segundo Denise, todos os projetos têm a intenção de estimular a leitura. “A biblioteca tem procurado divulgar e promover o acesso ao livro. Só facilitando o contato entre o público e as obras é que se cria o hábito da leitura. Nós temos buscado isso. Tentamos cada vez mais colocar o livro mais perto do usuário”, finaliza.

Com toda essa estrutura, oportunidades não faltam para se deixar seduzir por um bom livro. Se você é de Uberlândia, aproveite para visitar o local!

Serviço

Praça Cícero Macedo, S/N – Uberlândia/MG
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h15 às 18h45; aos sábados, das 8h15 às 11h45
Telefones: (34) 3234-1600 / (34) 3236-9625
Bibliotecária responsável: Denise Carvalho (CRB-6/1061)

Bibliotecas Públicas

O Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) já realizou diversas matérias sobre bibliotecas públicas localizadas em Minas Gerais e no Espírito Santo. São bibliotecas que desenvolvem projetos educacionais, culturais e sociais, com o objetivo de disseminar o conhecimento e despertar o interesse por esses equipamentos públicos em seus municípios. Todas essas bibliotecas contam com bibliotecários regularizados perante o CRB-6. Portanto, o Conselho divulga histórias de bibliotecários que se destacam pelo empenho em desenvolver bons trabalhos em prol da comunidade como um todo. Para conhecer outras bibliotecas já divulgadas, acesse nosso blog.

Na última edição do Boletim Eletrônico, contamos a história da Biblioteca Pública de Pouso Alegre. Conheça!

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*