Conhecimento levado para a sala de aula

Bibliotecária apresenta sua profissão para alunos de escolas públicas de BH

Se você perguntar a um aluno do ensino médio quais as funções de um bibliotecário, é possível que ele não saiba responder com exatidão. Poucos são os que conhecem o curso superior de Biblioteconomia. Por isso, levar o conhecimento às escolas é tão importante.

Alice Alves da Silva em visita às escolas (Foto: Arquivo pessoal)

Durante o mês de setembro, a bibliotecária Alice Alves da Silva (CRB-6/1701), membro da Comissão de Bibliotecas Escolares do Conselho Regional de Biblioteconomia da 6ª Região (CRB-6), fez exatamente isso. Ela visitou duas escolas públicas de Belo Horizonte para apresentar a profissão para alunos do 3º ano do Ensino Médio, que se mostraram interessados no que ouviram.

A primeira visita foi realizada na Escola Municipal Professora Maria do Socorro Andrade, no bairro Nova Cintra. “A reação dos alunos que não conheciam o curso foi muito interessante. Uma quis saber se havia curso técnico para bibliotecário e eu disse que o melhor seria fazer a graduação. Argumentei que, além de aprender mais, ela teria uma profissão mais vantajosa financeiramente”, conta Alice.

A segunda visita ocorreu na Escola Estadual Domingas Vieira, no bairro Independência. Segundo a bibliotecária, os alunos também não conheciam a profissão. Ela explicou quais são as áreas de atuação e as perspectivas de salários e convidou a todos a acessarem os canais de comunicação do CRB-6 para esclarecer eventuais dúvidas. “Foi uma experiência gratificante. Senti que precisamos divulgar mais a profissão e o curso de Biblioteconomia, pois as pessoas ainda não têm muita noção do que fazemos.”

Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637), presidente do CRB-6, diz que a divulgação nas escolas é um projeto do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) para aumentar o número de profissionais no mercado de trabalho. “O bibliotecário que puder nos apoiar deve solicitar ao CRB-6 o material de divulgação.”

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Um Comentário

  1. Jessica M Queiroz
    Posted 11 de outubro de 2017 at 18:28 | Permalink

    Parabéns pela iniciativa. Considero um passo muito importante para a valorização e reconhecimento da profissão.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*