Designações para 2018 geram discussão em Minas

CRB-6 tem trabalhado para reverter decisão do Estado

No dia 1º de novembro, os bibliotecários mineiros se reuniram na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para discutir os retrocessos gerados pela Resolução SEE nº 3.643, que extinguiu a prioridade dada aos bacharéis em Biblioteconomia nas designações de “professor para o ensino do uso da biblioteca/mediador de leitura” nas escolas da rede estadual em 2018.

Conselheiros apresentaram as ações do CRB-6 (Foto: CRB-6)

O Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) apresentou o histórico de ações realizadas junto à Secretaria de Estado da Educação, e os participantes levantaram propostas para assegurar que os profissionais sejam valorizados por essas instituições. Apenas dez pessoas compareceram para participar das conversas na UFMG.

Sindier Antônia (CRB-6/1542), coordenadora da Comissão de Bibliotecas Escolares do CRB-6, ressalta que o CRB-6 está aberto para ouvir a todos. “Os que tiverem dúvidas devem procurar o Conselho. Temos diversos canais de comunicação para responder as perguntas dos bibliotecários e seguimos trabalhando para reverter a situação.”

Além de Sindier, também participaram da reunião a presidente do CRB-6 Mariza Martins (CRB-6/1637), o vice-presidente Álamo Chaves (CRB-6/2790), o bibliotecário fiscal Lúcio Tannure (CRB-6/2266), o assistente de diretoria do CRB-6 Mário Garrido e a professora Marília Paiva (CRB-6/2262), da UFMG.

Saiba mais

A publicação da Resolução SEE nº 3.643 tem gerado muitas discussões em Minas Gerais, pois, além de contrariar as determinações do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6), entra em choque com o previsto na Lei nº 12.244/2010, que dispõe sobre a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino. Uma nota de esclarecimento, inclusive, foi emitida pelo CRB-6 para listar todos os esforços realizados até o momento em favor da valorização profissional.

O CRB-6 já move uma ação civil pública na tentativa de impedir que profissionais de outras áreas sejam designados para uma função que cabe exclusivamente a bibliotecários. O assessor jurídico Juliano Gonzaga destaca que ela é bem abrangente, mas ainda carece de uma resposta oficial. “Não vamos entrar com uma nova ação para não tumultuar e atrapalhar o trâmite da atual. Não podemos obrigar o Estado a realizar concurso público, mas temos o poder de obstar que eles coloquem leigos.”

Enquanto isso, ele orienta os bibliotecários a protocolarem reclamações no Ministério Público. “Temos que manter as denúncias até que alguém lá acorde ou pessoas mais sensatas, que deem ouvidos à educação, intercedam em favor da categoria.”

Para acompanhar o andamento da ação civil pública, acesse o site da Justiça Federal e insira o número do processo: 0012229-77.2017.4.01.3800

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

5 Comentários

  1. Gislaine Figueiredo
    Posted 14 de novembro de 2017 at 8:41 | Permalink

    Devemos lutar por nossa categoria, que possui tão poucos direitos… O governo não se importa nem um pouco com a educação, ele só quer formar pessoassem conhecimento para manipula-los.

  2. Magaly A. Franco
    Posted 14 de novembro de 2017 at 8:56 | Permalink

    Efetuei minha inscrição para Professor de Uso de Bibliotecas e, embora seja Bacharel em Biblioteconomia, só pude usar o meu diploma do Normal/Ensino Médio. Como já averbei meu tempo no Estado quando da minha aposentadoria, não terei a sua contagem. Sei que ficarei no final da lista dos classificados. Sabedora de tudo isso, inscrevi-me só por curiosidade.

  3. Marli Ap. de Andrade
    Posted 14 de novembro de 2017 at 9:08 | Permalink

    Bom dia, senhores
    tenho acompanhado as informações referentes à designação 2018, tendo em vista que, sempre atuei como professora regente apesar de ter a formação em Biblioteconomia. Quando em 2016 foi nos garantido o direito de atuar na Biblioteca eu consegui a vaga e devo permanecer até o dia 31/12/17 já para o ano de 2018 não sei como será. Bem como sugestão gostaria que o Conselho preparasse um dia de encontro, como este que houve na UFMG e que o assunto fosse exclusivamente o respeito aos profissionais Bibliotecários e que estes tenham respeitado o direito de concorrer às vagas nos processos de designação. Sugiro também que neste encontro também compareçam as autoridades públicas, alguém do Ministério Público. Precisamos mostrar que somos vários profissionais e não só o Conselho ou 1 ou 5 bibliotecários. Ressalto também que este encontro não ocorra juntamente com outros eventos da área e sim com exclusividade e preparação com antecedência para que possamos nos ausentar do trabalho. Como sugestão estou pedindo para as professoras que atuam em Biblioteca escolares no meu município para enviar fotos das Bibliotecas que elas atuam, pois nestas não existe trabalho em biblioteca, existe sim professoras de bibliotecas em desvio de função.
    Bom espero ter contibuído.
    Att.

    • Andréa Pereira Alves
      Posted 14 de novembro de 2017 at 14:23 | Permalink

      Eu também estou na mesma situação. Sou bacharelada em biblioteconomia e licenciada em pedagogia .Porém em 2018 não serei designada, pois as colegas que possuem somente pedagogia e tem maior contagem de tempo em regência e ou professora de apoio, passam na minha frente. É triste ver o trabalho de um ano inteiro jogado em fora. Estava organizando a biblioteca conforme deve ser, temos um acervo de mais de 5.000 obras. Agora tudo fica como esta, já que elas não conhecem a normas de organização de uma biblioteca. Sem contar que desde o dia que saiu a tal resolução não temos mais nenhuma motivação em continuar desempenhando a função com gosto e zelo. Triste realidade.
      Se a contagem fosse ao menos na função ajudaria .

      • Grasiane
        Posted 14 de novembro de 2017 at 21:24 | Permalink

        Triste realidade mesmo, também não serei designada em 2018 e nem minhas colegas da cidade de Ubá, isto é um total desrespeito com a nossa profissão.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*