Pesquisa revela alto índice de leitores em Minas Gerais

Um estudo realizado em 2015 pela Câmara Mineira do Livro trouxe bons resultados da educação em Minas. Diversos municípios do Estado exibiram alta porcentagem de pessoas que dizem gostar de ler. Segundo a pesquisa, os maiores índices foram registrados em Belo Horizonte, com 63,14% de autodeclarados leitores, seguido de Teófilo Otoni (58,72%), Juiz de Fora (58,59%), Poços de Caldas (57,47%) e Divinópolis (55,08%).

NOTA 4Livraria aposta na oferta de ambiente agradável para fidelizar consumidores (Foto: Ricardo Welbert/G1)

Quando analisada a média de leitura efetiva, Belo Horizonte apresentou um percentual de 2,4 livros lidos durante os três meses anteriores à pesquisa – apenas para comparação, no país, a média de leitura apurada a partir da mesma metodologia é de 1,85 livros por pessoa. Ao mesmo tempo, a pesquisa mostra que os mineiros são pouco assíduos às bibliotecas. No geral, apenas 14,75% dos entrevistados visitam frequentemente essas instituições. O município de Montes Claros apresentou a maior média (29,29%).

Você pode conferir a pesquisa realizada pela Câmara Mineira do Livro aqui.

A última edição da revista do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) publicou uma matéria sobre o tema. O crescimento desses números mostra que cada vez mais as pessoas procuram um meio alternativo aos já amplamente divulgados meios de acesso à informação, como televisão, jornais e revistas.

Qual sua opinião sobre isso, bibliotecário?

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*