Técnicos em Biblioteconomia

Comissão aprova regulamentação, que agora segue para avaliação pelo plenário do Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou, no último dia 24, proposta que regulamenta a profissão de Técnico em Biblioteconomia. O Projeto de Lei da Câmara (PLC 15/2017) prevê que para exercer as atividades o profissional deverá ter diploma de nível médio e registro no Conselho Regional de Biblioteconomia (CRB), além de estar em dia com as obrigações junto à autarquia. O objetivo é que o técnico atue sob a supervisão de bibliotecário também registrado no CRB.

Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou regulamentação da profissão de Técnico em Biblioteconomia (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

“A aprovação e regulamentação dos técnicos deverá ser um benefício para a área. Esses profissionais irão suprir uma demanda das bibliotecas sem ocupar o espaço dos graduados em Biblioteconomia, já que a legislação é clara ao dizer que o técnico deverá ser coordenado por um bibliotecário”, defende a presidente do CRB-6, Mariza Martins Coelho (CRB-6/1637).

Segundo o autor da PLC, deputado Jose Stédile (PSB-RS), a iniciativa reforça o Projeto de Lei 3727/12, que determinou a instalação de, no mínimo, uma biblioteca pública em cada cidade brasileira até o ano de 2020. “O técnico já terá interesse e conhecimento para desenvolver atividades de incentivo à leitura e trabalhará para que possamos ter bibliotecas melhores, que atendam às reais necessidades dos usuários”, acredita Mariza.

Agora, o PLC 15/2017 segue para avaliação pelo plenário.

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Leave a Reply