Tudo pronto para a criação do Plano Estadual do Livro

Tudo pronto para a criação do Plano Estadual do Livro

Assembleia recebeu o relatório final do Fórum Técnico Semeando Letras

Após quase dois anos de intensas discussões com todas as camadas da população, foi entregue à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no dia 4 de abril, o relatório final produzido pelo comitê de representação do Fórum Técnico Semeando Letras – Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca de Minas Gerais (PELLLB-MG).

(Imagem: Divulgação)

O grupo – formado por 21 representantes da sociedade civil, das secretarias de estado de Cultura e Educação e do Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) – se reuniu ao longo das últimas semanas para analisar as propostas feitas durante os fóruns regionais e técnicos e encaminhadas por meio de consulta online. Cada item foi revisto para uniformizar prazos, tornar as ações coerentes entre si, alinhar conteúdos e verificar a viabilidade das metas estabelecidas e a possibilidade de aprovação pelo Legislativo. A partir de agora, o documento servirá como base para a criação do Plano Estadual do Livro, que provavelmente será votado até o fim deste ano.

Em entrevista para o Portal da Assembleia, o presidente da Comissão de Cultura e coordenador do Fórum Técnico, deputado Bosco (Avante), disse acreditar que a participação popular foi decisiva para a concretização do plano. Ele também observou que “a democratização do acesso à leitura contribui para a formação do cidadão e para o desenvolvimento educacional e cultural da sociedade”.

A presidente do CRB-6 e coordenadora do comitê de representação, Marília Paiva (CRB-6/2262), destaca o papel das bibliotecas na democratização da leitura no Estado. “Da forma como foi redigida, a proposta garante a estrutura necessária para o funcionamento das bibliotecas, com condições para manutenção e divulgação das atividades, além da contratação crescente de bibliotecários, sobretudo nas bibliotecas públicas e nas escolares, até atingirmos o nível de excelência desejado.”

Entrega do relatório final à Assembleia Legislativa (Imagem: Divulgação – CRB-6)

A Diretora Administrativa do CRB6 e relatora do comitê, Carla Floriana Martins (CRB-6/2117), ressalta a importância da atenção igualitária dada aos quatro eixos tratados no PELLLB-MG – democratização do acesso ao livro; formação de mediadores para incentivo à leitura; valorização institucional da leitura; e desenvolvimento da economia do livro. “A oportunidade da participação plena dos diversos grupos no processo demonstrou maturidade das esferas pública e sociedade civil na conclusão de uma proposta ousada e democrática.”

Sobre o Plano
O PELLLB-MG tem como objetivo estabelecer metas e diretrizes para democratizar a leitura e ampliar o acesso às bibliotecas do estado nos próximos dez anos. Antes de chegar à ALMG, o Plano foi discutido em sete encontros regionais, em consulta pública online e em uma etapa final, em Belo Horizonte, que compilou todas as propostas apresentadas.

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*