Exposição Ressignificações é destaque na Biblioteca Central da UFMG

Até o dia 15 de dezembro o saguão da Biblioteca Central da UFMG recebe a exposição Ressignificações (Livros, Homens, Animais e Coisas). Páginas de enciclopédias são usadas como telas para o trabalho do artista plástico Miguel Gontijo, com 15 telas que levam o observador a imaginar que se encontra em um gabinete de curiosidades da época das grandes explorações e descobrimentos dos séculos XVI e XVII. Além disso, o visitante poderá se sentir em um laboratório de ciências biológicas, de botânica ou de zoologia, tendo em vista a apropriação e o uso que Miguel Gontijo faz de elementos dessas áreas em suas telas, tais como animais, pássaros, folhas de árvores, partes de esqueletos, entre outros. A exposição pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 22h.

“É nesse ambiente efervescente que todos esses elementos reprocessados, na inquieta e fervilhante imaginação e mente do pintor, podem descortinar, para alguns admiradores, situações que provocarão surpresa, prazer, admiração, êxtase e, em outros, desalento, estranheza, desconforto e até perplexidade”, afirma o curador da exposição, professor Paulo da Terra Caldeira.

Miguel Gontijo é historiador e filósofo, além de artista plástico, e recebeu em 2011 o Prêmio Mário Pedrosa, da Associação Brasileira de Críticos de Arte, em reconhecimento ao seu trabalho e à contemporaneidade de sua linguagem.

Fonte: Assessoria da Biblioteca Central da UFMG

This entry was posted in Eventos and tagged , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*