No Espírito Santo, biblioteca realiza oficina para professores intérpretes surdos no Mucane

Com o objetivo de ampliar as práticas inclusivas, por meio da acessibilidade, acontece na próxima quinta, 8 de junho, das 13h30 às 17h30, no Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane), a oficina de contação de histórias para professores intérpretes surdos, voltada para os professores de Libras que atuam na Secretaria Municipal de Educação (Seme).

Marta Samor irá ministrar oficina de contação de histórias para professores intérpretes da Secretaria Municipal de Educação (Foto: Semc)

Marta Samor irá ministrar oficina de contação de histórias para professores intérpretes da Secretaria Municipal de Educação (Foto: Semc)

A oficina será ministrada pelas contadoras de histórias Marta Samor e Tiana Magalhães, do Grupo de Contadores de Histórias Chão de Letras, com a participação de tradutores intérpretes da Seme. A dinâmica da oficina irá usar sentidos como o paladar, o tato e o olfato, além de outras estratégias.

“É de grande relevância promover a formação de multiplicadores da arte de contar histórias para os profissionais de Libras que atuam com crianças surdas, uma ação que poderá contribuir para a inclusão cultural e social de pessoas com deficiência”, disse Elizete Caser, coordenadora da Biblioteca Municipal.

A oficina é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), por meio da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim do projeto Viagem pela Literatura, a Secretaria Municipal de Educação (Seme) e a Rede de Leitura Inclusiva – GT-ES.

Fonte: Prefeitura de Vitória | Leo Vais

This entry was posted in Eventos and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*