No meio da graxa havia livros

1ª Festa Literária de Sabará, na região metropolitana, começa hoje, inspirada pela Borrachalioteca, criada há 15 anos

Incentivo. Há quase dez anos, a Borrachalioteca recebia seus primeiros leitores e hoje abriga o primeiro festival literário de Sabará (Foto: Reprodução/O Tempo)

Incentivo. Há quase dez anos, a Borrachalioteca recebia seus primeiros leitores e hoje abriga o primeiro festival literário de Sabará (Foto: Reprodução/O Tempo)

Há 15 anos, a borracharia do seu Joaquim, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, começava a oferecer mais do que reparos em veículos. É que ao ver que o pai deixava jornais para entreter os clientes, o filho, Marco Túlio Damasceno, resolveu incrementar a ideia e levar livros para a oficina mecânica. “Começou como um passatempo, mas a coisa foi tomando corpo e, de repente, tínhamos um potencial de biblioteca, estávamos emprestando livros”, lembra Marco Túlio. Hoje, com mais de 10 mil títulos em seu acervo, a Borrachalioteca expande ainda mais suas atividades e inaugura a 1º Festa Literário de Sabará (Flis), com extensa programação de hoje até o próximo dia 20 de setembro.

Na programação da 1ª Flis, além de debates sobre obras literárias, haverá mediação de leitura, narração de histórias, música, grafite, teatro e dança – tudo organizado de forma descentralizada. “A gente queria incentivar a ocupação do espaço público em Sabará, algo que ainda acontece pouco. Por isso, inspirados pelo crescimento da Borrachalioteca nesses anos, prezamos por ações que preencham a cidade toda para mobilizar o máximo de pessoas que pudermos”, diz Damasceno, organizador da Flis.

Mesmo antes deste evento, a Borrachalioteca já havia ampliado seu espaço, se desmembrando em outras três sedes com funções distintas em Sabará: a Casa das Artes, inaugurada em 2007, com a primeira biblioteca de cordel da cidade; a Sala Son Salvador, aberta um ano depois; e o Espaço Libertação pela Leitura, criado em 2010 para investir em projetos literários dentro de presídios.

Inspirada por essa expansão, a 1ª Flis homenageia o cartunista Son Salvador e o escritor e cordelista Olegário Alfredo – que dá nome à cordelteca (biblioteca de cordéis) na Casa das Artes.

Formação. Os dois, inclusive, marcam presença na festa com as exposições “As Charges do Son” e “Cordel ao Alcance de Todos”, além de oferecerem oficinas gratuitas na praça Santa Rita: no dia 18, com o cartunista Son Salvador, a partir de 12h; no dia 19, com o cordelista Olegário Alfredo, às 11h.

“São duas figuras que eu sempre admirei, que fazem parte da minha leitura e que contribuíram para a formação da Borrachalioteca. Propus a eles oficinas gratuitas para que o povo tenha contato direto com o que eles fazem. Não se trata apenas uma admiração da obra alheia, por mais fantástica que ela seja”, explica Damasceno.

Hoje, para a abertura da Flis, haverá ações na praça Melo Viana e no Teatro Municipal, reunindo alunos da rede estadual de ensino de Sabará e oferecendo a eles acesso a qualquer livro da Borrachalioteca, trocado mediante a apresentação de vales que comprovem a matrícula em escolas da cidade.

Além disso, pelo menos 4.000 livros serão doados aos moradores de Sabará, em ações dispersas durante todo o evento. “Não vai haver uma concentração de onde os livros serão distribuídos. Queremos pegar as pessoas de surpresa em qualquer lugar, durante toda a programação da Flis”, diz Marco Túlio.

Entre as outras dezenas de atividades da Flis, haverá diversas oficinas, como a oferecida pelo Coletivo Periférico, com orientações sobre o funcionamento de uma rádio comunitária, e o Grafite Literário, que mistura literatura e tintas de spray para ensinar o público técnicas da pintura de rua. Das atrações musicais, destaque para as Meninas de Sinhá, do Alto Vera Cruz, que se apresentam no encerramento da festa, no dia 20, às 20h, na praça Santa Rita.

Agenda

O QUE. 1ª Festa Literária de Sabará (Flis)

ONDE. Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, com atividades em dezenas de locais da cidade

QUANDO. De hoje até 20 de setembro

QUANTO. Todas as atividades são gratuitas

Programe-se

Inscrições. Toda a programação da 1ª Festa Literária de Sabará (Flis) pode ser consultada com horários e locais das atrações no site www.festaliterariasabara.wix.com. Os interessados em se inscrever para as diversas oficinas do evento devem se cadastrar no endereço eletrônico acima.

Fonte: O Tempo

This entry was posted in Eventos and tagged , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*