Projeto revive o Melpômene, um dos teatros mais importantes da história capixaba

O Teatro Melpômene, construído no final do século XIX na região onde hoje é localizado o Centro de Vitória, foi uma das salas de espetáculos mais importantes da história do estado do Espírito Santo. E para reconstruir sua memória, o projeto Revivendo o Melmpômene promove uma exposição que ficará aberta ao público a partir desta terça-feira (26) até 8 de outubro, no Teatro Carlos Gomes. O evento conta também com lançamento de um livro e intervenção cênica que acontece na abertura da exposição nesta terça.

Um princípio de um incêndio em 1924, durante a sessão do filme Ordens Secretas causou pânico, muitos feridos e duas mortes, o que contribuiu para a ideia que surgiu entre os moradores da cidade naquela época de que aquele teatro se findaria boiando nas enchentes ou pegando fogo. O projeto busca trazer à tona essa e outras histórias que estariam por trás dessas criações tão significativas para a vida cultural da cidade.

A pesquisa histórica e iconográfica referente ao primeiro teatro à italiana de Vitória foram desenvolvidas por uma equipe multidisciplinar, com profissionais das áreas de Arquitetura, Ciências Sociais, Comunicação, Design, História e Teatro.

O projeto Revivendo Melpômene traz o livro com um CD encartado e uma intervenção cênica como destaque de abertura da exposição.

Serviços

A abertura do projeto Revivendo Melpômene acontece nesta terça-feira (26), a partir das 19h30, no Teatro Carlos Gomes. Praça Costa Pereira, Centro, Vitória. Visitação: terça a sexta de 14h às 18h e finais de semana das 15h às 18h. Entrada franca. Grupos e escolas podem agendar visitas guiadas através do telefone (27) 99844-2376. Até 8 de outubro.

This entry was posted in Eventos and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*