Publicações digitais ganham programação especial

Até o dia a 02 de julho, o Espaço TIM UFMG do Conhecimento oferece programação especialmente dedicada às publicações digitais, que inclui apresentação de software livre multiplataforma, lançamento de livro eletrônico e exibição da obra na fachada do edifício, além da realização de oficina.

Na última quarta-feira do mês, dia 27,  o Espaço recebe profissionais do Ateliê Ciclope de Arte e Publicação Digital, responsáveis pela idealização e desenvolvimento do Managana, para a inauguração do software. O evento ocorre às 19 horas, na cafeteria do prédio, onde uma instalação de tvs, computadores, tablets e smartphones ilustra seu funcionamento. Na ocasião, também é lançado e exposto o livro eletrônico de poesias Grão, totalmente autorado no programa. O trabalho de Álvaro Andrade Garcia, escritor e realizador de projetos multimídia, ainda ganha a fachada do Espaço do Conhecimento, na qual é projetado durante as noites de 27 de junho a 2 de julho.

A inovação do livrE (livro eletrônico) consiste em abandonar a lógica do papel. “Do ponto de vista formal, ele subverte o formato da página impressa. No lugar de palavras, vemos fluxos imagéticos interativos. Nesse sentido, trata-se também de uma evolução da vídeo-poesia, que ainda é linear. O Grão é um sequenciador e mixer capaz de gerar interação numa interface animada. É uma espécie de labirinto, espaço em que tudo flui em forma visual”, afirma o poeta.

Embora sejam autônomos, Managana e Grão têm uma história convergente. Foi para realizar a obra de poesia que o Ateliê Ciclope começou a elaborar o software. Eles surgiram juntos, mas foram separados posteriormente. À medida que o projeto poético ia sendo idealizado, eram desenvolvidas ferramentas com a finalidade de executá-lo. Por isso, a estrutura do programa foi pensada para contemplar uma série de novas funcionalidades.

Direcionado para a publicação de conteúdo em diversos suportes, o Managana pode ser executado em projeções, televisores, monitores de computador, notebooks, tablets e smartphones, sob vários sistemas operacionais, como Windows, Linux, Mac, Android e iOS (iPads, iPhones e iPods touch). Além disso, permite interações com touchscreen, controle remoto, joysticks, Kinect e vários outros sensores.

O software é concebido como uma ferramenta que torna possível a criação coletiva tanto para ambientes tradicionais da web como para esses dispositivos móveis e instalações. Nessa lógica compartilhável, possui integração com redes sociais e possibilita a criação e manutenção de comunidades que dividem conteúdos interativos.

Livre e sem custo, Managana está disponível para download no endereço www.managana.art.br. “Nós o disponibilizamos a fim de que o software ficasse acessível para outros públicos interessados, que inclusive podem acrescentar melhorias”, conta Álvaro.

Para apresentar o trabalho à comunidade, o Ateliê Ciclope oferece a oficina gratuita “Publicação digital na era dos tablets”, que acontece no Espaço em duas sessões: dia 29, das 14 às 17h, e 30, das 10 às 13h. As inscrições já foram encerradas

 Sobre o Ateliê Ciclope
A Ciclope surgiu em 1992 como uma empresa de vídeo, computação gráfica e multimídia em Belo Horizonte. Consolidou-se, chegando ao ano de 1996 como uma das mais importantes produtoras nacionais de multimídia. A partir de 1997, passou a dedicar-se especialmente à arte e publicação digital. Celebra seus dez anos com o lançamento do software Managana e do livrE Grão. Mais informações sobre o Ateliê no site www.ciclope.art.br.

Fonte: Espaço TIM UFMG do Conhecimento

This entry was posted in Eventos. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentar

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*