Preparatório para Concurso Público – Cargo para bibliotecário UFMG

Bibliotecários! Aproveitem a oportunidade! As inscrições para o curso foram prorrogadas até dia 10 de março ou enquanto houver vagas.

Abaixo melhores informações!

Posted in Cursos | Comentar

Biblioteconomia Social: Curso: Introdução à elaboração de diagnósticos socioeconômicos

Introdução à elaboração de diagnósticos socioeconômicos

Público-alvo: gestores públicos e privados, estudantes da área social, técnicos e outros interessados em adquirir ferramentas para a elaboração de diagnósticos socioeconômicos. Nível de experiência Iniciante (pequena prática na área) ou intermediário.

Vagas: 30
Carga horária: 24 horas/aula
Investimento: R$ 360,00
Datas de realização:
Turma 1 – Belo Horizonte: dias 15, 16 e 17 de março 2018, de 9 a 18 horas.
Turma 2 – Lagoa Santa: dias 7, 14 e 28 de abril 2018.
Ou com possibilidade de acompanhar o Curso a distância. Dúvidas favor enviar email para claricelibanio@gmail.com.

Ementa
O curso pretende introduzir os alunos nas principais metodologias para a elaboração de diagnósticos socioeconômicos, culturais e ambientais, instrumentos fundamentais para a implementação de políticas públicas, programas e projetos em diversas áreas. Abordará os principais conteúdos de um diagnóstico socioeconômico, fontes de dados secundários e técnicas e métodos de coleta de dados em campo, incluindo os métodos participativos para envolvimento e mobilização das comunidades na elaboração dos Diagnósticos.

Objetivos
 Permitir aos alunos uma visão introdutória a respeito dos conteúdos e das ferramentas de diagnóstico socioeconômico como subsídios à implantação de projetos, programas e políticas sociais, culturais e ambientais;
 Discutir sobre a importância do planejamento, da pesquisa e do diagnóstico na formulação de programas e projetos inclusivos e como subsídios para a construção de políticas públicas
 Instrumentalizar os participantes para a realização de estudos socioeconômicos, com foco em programas sociais, culturais e ambientais;
 Disseminar metodologias de diagnóstico participativo, ampliando o envolvimento dos beneficiários dos projetos em sua execução;
 Fornecer exemplos concretos e exercitar o uso das ferramentas apresentadas

Módulos e conteúdos
1. Introdução: Diagnósticos socioeconômicos e suas aplicações nas diversas áreas das políticas públicas
2. Elaborando um diagnóstico socioeconômico: conteúdos, técnicas e métodos
3. As particularidades dos Diagnósticos e mapeamentos culturais
4. Estudos de impacto ambiental e a contribuição do meio antrópico
5. Ferramentas para Diagnóstico Rápido Participativo

MINISTRANTE: Clarice de Assis Libânio
Bacharel em Ciências Sociais com Habilitação em Antropologia e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG; Doutora em Arquitetura e Urbanismo – UFMG; sócia-diretora da Habitus Consultoria e Pesquisa Ltda.; Coordenadora-executiva da ong Favela é Isso Aí; autora do Guia Cultural das Vilas e Favelas de Belo Horizonte, entre outros livros; Professora da Pós-graduação em Gestão Cultural do Centro Universitário UNA; Professora do Curso de Elaboração de Projetos Sociais do CECAPS – UFMG desde 2012; Professora, entre 2003 e 2009, do Curso Pensar e Agir com a Cultura, do Observatório da Diversidade Cultural; Professora da Oficina de Elaboração, Captação e Gestão de Projetos Culturais da SEC/MG de 2005 a 2010; Professora do IEC / PUCMINAS na Pós-graduação em Gestão de Projetos Culturais, de 2011 a 2013; Gestora do Ponto de Cultura Centro de Referência em cultura Popular Urbana, da ong Favela é Isso Aí. Através do trabalho realizado no Favela é Isso Aí recebeu a Medalha Santos Dumont, categoria Prata, pelos relevantes serviços prestados à área cultural do Estado, além do Prêmio cultura Viva – 2010, primeiro lugar na categoria Organização da Sociedade Civil.

Inscreva-se em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeBHksG6–OEKh5hogenuat_gRp1KaER1f6rwaZ1OQAN5NoNg/viewform

Posted in Cursos | Com as tags , | Comentar

Vaga para emprego na Faculdade de Mediação Don Pedro II

Obrigatório ter  registro ativo e estar adimplente com o CRB.

Contato Maria Flávia de Freitas : (31) 3566-0502 ou (31) 98435-8441 ou  mariaflaviaff@gmail.com

Posted in Sem categoria | Comentar

Comitê do Plano Estadual do Livro é instalado na ALMG

 Reunião da Comissão de Cultura marca início dos trabalhos de grupo que vai revisar propostas definidas em fórum técnico.
 
O comitê de representação do Fórum Semeando Letras foi instalado oficialmente pela Comissão de Cultura

Fotógrafo: Luiz Santana

O comitê de representação do Fórum Semeando Letras foi instalado oficialmente pela Comissão de Cultura – Foto: Luiz Santana

O comitê de representação do Fórum Técnico Semeando Letras – Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas foi instalado na tarde desta quarta-feira (21/2/18) na primeira reunião ordinária do ano da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Caberá ao comitê revisar as dezenas de ações nos quatro eixos temáticos do documento final de propostas e assim finalizar o texto que será remetido ao Poder Executivo e subsidiará a elaboração de um projeto de lei com um plano decenal para o setor.

Comitê vai acompanhar a tramitação de projeto com o Plano Estadual do Livro

Compõem o comitê 21 representantes da sociedade civil, das Secretarias de Estado de Cultura e de Educação e do Conselho Regional de Biblioteconomia. Seus integrantes não perderam tempo e, ao longo desta quarta (21), mesmo antes da cerimônia de instauração, deram início ao trabalho de avaliação e ajustes técnicos das propostas do primeiro eixo, que trata da democratização do acesso.

Esse trabalho vai continuar ao longo desta quinta (22). Ao final, deve ser definido um cronograma de trabalho com as datas dos próximos encontros. Os demais eixos do documento final do fórum técnico são fomento à leitura e à formação de mediadores; valorização institucional da leitura e de seu valor simbólico; e desenvolvimento da economia do livro.

O Fórum Técnico Semeando Letras foi realizado ao longo do ano passado pela ALMG em parceria com as duas secretarias de Estado ligadas à área. Por meio de uma série de encontros em Belo Horizonte e pelo interior foram avaliadas as propostas governamentais e recolhidas contribuições da sociedade para a elaboração do Plano Estadual do Livro.

Essa ferramenta vai estabelecer metas e diretrizes para o governo nos próximos dez anos, a fim de valorizar o livro e democratizar o acesso às bibliotecas. A ALMG também realizou uma consulta pública que recebeu 138 contribuições pela internet.

Grupo deve receber ajuda de convidados

Deputados agradeceram o empenho dos integrantes do comitê

Deputados agradeceram o empenho dos integrantes do comitê – Foto: Luiz Santana

Na reunião da Comissão de Cultura foram também apresentadas a coordenadora e a relatora do comitê, respectivamente Marília de Abreu Martins de Paiva, do Conselho Regional de Biblioteconomia, e Carla Floriana Martins, da Associação Multicultural Tribaes.

O presidente da Comissão de Cultura, deputado Bosco (Avante), ressaltou a importância do trabalho do comitê de representação, que, segundo ele, não se limitará apenas ao trabalho de revisão das propostas, mas deve prosseguir com o acompanhamento da tramitação do futuro projeto do plano decenal e da fiscalização de sua efetiva implementação.

“Esse trabalho, que mobilizou todo o Estado, vai resultar em um plano que vai entrar para a história de Minas Gerais. É o momento de agradecer a dedicação de todos os envolvidos para construir propostas à altura da grandeza de nosso Estado e que todos os mineiros merecem”, afirmou Bosco. O comitê ainda entregará, oficialmente, ao final do seu trabalho, um Relatório de Eventos Institucionais (REL) à Comissão de Cultura, que tem competência para deliberar sobre a maior parte das ações propostas no documento.

O vice-presidente da comissão, deputado Elismar Prado (PDT), também agradeceu o empenho dos integrantes do comitê e reforçou que a elaboração de um marco regulatório que trate da questão do livro, leitura, literatura e bibliotecas será fundamental para garantir avanços a longo prazo. “O plano precisa sair do papel. Não se trata de uma política de governo, mas de Estado”, definiu.

Comitê dará sequência à análise de propostas

A coordenadora do comitê de representação, Marília Paiva, em nome dos demais integrantes do órgão, agradeceu o apoio da Assembleia, sobretudo do seu corpo técnico. “É uma responsabilidade e uma honra dar sequência a um trabalho que será difícil, mas necessário”, avaliou.

Já a relatora do comitê, Carla Martins, aproveitou a reunião para fazer um balanço das primeiras atividades do grupo e reforçar a necessidade de participação nos trabalhos de convidados de alguns setores específicos do Executivo, como da segurança pública, já que o plano também vai contemplar o acesso à leitura nos sistemas prisional e socioeducativo.

Por fim, o superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário da Secretaria de Cultura, Lucas Guimaraens, que mais cedo já havia destacado a necessidade de distribuir adequadamente as metas do futuro plano ao longo do decênio, também reconheceu o papel desempenhado pelo Poder Legislativo na mobilização da sociedade. “O cidadão só pode evoluir a partir da escrita e da leitura, com o acesso a livros e bibliotecas. É a partir da decodificação de signos que nós decodificamos a nós mesmos e a nossa vida”, afirmou.

ICMS – Foram aprovados ainda dois requerimentos com o mesmo objetivo. O primeiro deles, do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), prevê a realização de audiência pública conjunta das Comissões de Cultura, de Desenvolvimento Econômico e de Esporte, Lazer e Juventude, para debater o Projeto de Lei (PL) 4.773/17, do deputado Paulo Guedes (PT), que altera os critérios de distribuição do ICMS pertencente aos municípios.

O segundo requerimento, assinado por Bosco e Elismar Prado, prevê o mesmo debate, mas somente no âmbito da Comissão de Cultura.

Consulte o resultado da reunião.

Fonte: Site Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Comitê do Plano Estadual do Livro é instalado na ALMG. <https://www.almg.gov.br/acompanhe/noticias/arquivos/2018/02/21_cultura_comite_representacao_plano_estadual_livro_forum_tecnico.html>. Acesso em 26 de fevereiro de 2018.

Read More »

Posted in Eventos | Com as tags , , , | Comentar

VI Fórum de Cultura Científica da UFMG abre inscrições

A sexta edição do Fórum de Cultura Científica da UFMG acontece na próxima terça-feira, 28 de fevereiro, das 14h às 17h, no Auditório Neidson Rodrigues da Faculdade de Educação da UFMG, campus Pampulha. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas por meio de formulário on-line (http://bit.ly/2FqOJDk) ou na hora do evento.

VI Fórum de Cultura Científica da UFMG

Mais informações pelo telefone (31) 3409-4428, pelo e-mail ddc-secretaria@proex.ufmg.br ou na página da Diretoria de Divulgação Científica (DDC) da UFMG no Facebook

Com o tema A construção de indicadores de divulgação científica, o evento terá como palestrante Diego Vaz Bevilaqua, doutor em Física pela UFRJ, foi chefe do Museu da Vida da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Bevilaqua apresentará a experiência da Fiocruz na construção de indicadores para divulgação e popularização da ciência na Fundação, em diálogo com a titular da DDC Silvania Nascimento, que vai apresentar os indicadores de sua Diretoria.

Promovido pela DDC, vinculada à Pró-reitoria de Extensão (Proex) da UFMG, o Fórum surgiu de iniciativa construída a partir do diálogo entre docentes, servidores técnico-administrativos e estudantes da Universidade que vinham trabalhando com a comunicação da ciência em diversas abordagens e unidades acadêmicas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da UFMG. VI Fórum de Cultura Científica da UFMG abre inscrições. <https://ufmg.br/comunicacao/assessoria-de-imprensa/release/vi-forum-de-cultura-cientifica-da-ufmg-abre-inscricoes>Acesso em 26 de fevereiro de 2018.

Posted in Eventos | Com as tags | Comentar

Contribua com pesquisa no ES

Projeto quer analisar as competências gerenciais dos bibliotecários

Profissionais de empresas privadas no Espírito Santo podem contribuir com a pesquisa desenvolvida por Carla Erler, professora do curso de Biblioteconomia e mestranda em Administração na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Sob o tema “Competência gerencial do bibliotecário em contextos empresariais: um estudo fenomenográfico”, a pesquisadora quer entrevistar bibliotecários do estado para entender a rotina e o perfil de cada um.

Os interessados podem obter mais informações pelo e-mail cermat2@hotmail.com .

Posted in Boletim Eletrônico CRB-6 | Com as tags | Comentar

Inscrições para o Edital de Criação de Bibliotecas Públicas prorrogadas até o dia 09 de março

Municípios interessados em apresentar projetos têm até o dia 09 de março para se inscreverem; edital contemplará três propostas com um acervo de no mínimo mil itens, totalizando cerca de R$ 40 mil em investimentos para cada nova biblioteca

Democratizar o acesso ao livro, à informação e à leitura como forma de ampliar as condições para o desenvolvimento cultural, humano, social e do aprendizado são alguns dos objetivos do Edital de Criação de Bibliotecas Públicas Municipais, que está com inscrições abertas até 09 de março de 2018. Iniciativa da Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, o certame irá selecionar três propostas e cada uma delas vai receber um acervo de, no mínimo, mil itens, entre livros em impressão comum e Braille, periódicos, CDs, DVDs e audiolivros, totalizando cerca de R$ 40 mil em recursos por município. A seleção é destinada prioritariamente às cidades que ainda não possuem uma biblioteca pública. Os municípios que já possuem o equipamento cultural também estão aptos a participar, desde que a proposta vise a criação de uma sucursal em distritos ou zona rural. As inscrições devem ser realizadas presencialmente na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais ou enviadas pelos correios. Acesse o edital e os formulários neste link.

A diretora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais, Cleide Fernandes, destaca a força do edital, que está em sua 3ª edição e já beneficiou 15 municípios. “O edital é uma ação importante de democratização do acesso à leitura, especialmente à literária. O acervo selecionado possibilita aos cidadãos o contato com livros informativos e obras literárias relevantes”, pontua Cleide. Atualmente, Minas Gerais possui 815 bibliotecas, distribuídas em 744 municípios, e é o estado brasileiro com o maior Sistema de Bibliotecas Públicas. 

Inauguração da Biblioteca Cônego Luiz Vieira da Silva

No edital 2016, os municípios de Córrego Danta, Formiga (ambos no território Oeste), Belo Vale e Jaboticatubas (território Metropolitano) foram os grandes vencedores do certame. Além deles, a cidade de Congonhas (Vertentes), com aproximadamente 54 mil habitantes, segundo dados do IBGE, também foi uma das agraciadas e já conta com o novo equipamento cultural. Inaugurada no dia 14 de dezembro, a nova biblioteca, que está localizada no distrito de Lobo Leite, mais especificamente na antiga e charmosa estação Estação Ferroviária, recebeu o nome de Cônego Luiz Vieira da Silva (1735-1809) em homenagem ao líder da igreja local que deu suporte a Tiradentes durante a Inconfidência Mineira. “Somos imensamente gratos à Secretaria de Estado de Cultura, na pessoa ímpar do secretário Angelo Oswaldo que, além de promover tantas e significativas atividades sob sua gestão, ainda doou à Biblioteca o livro “O Diabo na Livraria do Cônego”, de Eduardo Frieiro”, destaca a secretária Municipal de Educação, Maria Aparecida Resende. Para a secretária, a biblioteca é um local para deixar a imaginação fluir e de aprendizado. “A leitura é algo de imensurável valor, no livro e pelo livro incorporam-se fatos e acontecimentos, alegrias e tristezas, realizações e decepções, como num mundo mágico”, pontua.

Os interessados em participar da seleção deste ano deverão considerar em seus projetos aspectos como a promoção da leitura na localidade; a democratização do acesso ao livro, à informação e à leitura; o estímulo à integração da biblioteca com outras linguagens culturais; e o estímulo ao registro e difusão da memória bibliográfica da comunidade, entre outros.

 

SERVIÇO

EDITAL CRIAÇÃO DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS

Período de inscrições: 20 de dezembro de 2017 a 09 de março de 2018

Inscrições presenciais ou via correios:

Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário

Diretoria do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais

Edital 01/2017 – Criação de Bibliotecas Públicas Municipais

Praça da Liberdade, nº21, Funcionários, salas 303/304.

30.140-010 – Belo Horizonte/MG

Horário para inscrições presenciais: de 9h às 17h

Contato para informações ao público e inscrições:  sistema.sub@cultura.mg.gov.br/ 31 3269-1202 ou 1252

 

Fonte: Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário. Inscrições para o Edital de Criação de Bibliotecas Públicas prorrogadas até o dia 09 de março. Disponível em <http://www.bibliotecapublica.mg.gov.br/index.php/pt-br/noticias/335-edital-criacao-de-bibliotecas-publicas-municipais-01-2017>. Acesso em: 09 de fevereiro de 2018.

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags , , | Comentar

Sistema FIEMG abre vaga para Bibliotecário em Uberaba – MG

Pré Requisitos

  • Formação: Superior completo em Biblioteconomia. – Registro ativo no CRB.
  • Experiência: Atuação em biblioteca escolar, catalogação de materiais da biblioteca, vivência com utilização de softwares, especialmente o Pergamum.
  • Conhecimento: Informática (Pacote Office) – nível usuário e desejável conhecimento do sistema Pergamum.

Remuneração e Benefícios

  • Salário R$ 3.132,80 para 40 horas semanais.
  • Plano de Saúde UNIMED com coparticipação, Plano Odontológico, Seguro de Vida, Vale Alimentação ou Refeição (R$ 22,25 por dia trabalhado), Vale Transporte e Previdência Privada.

Para mais informações e cadastro de currículo, acessar o site www.fiemg.com.br no link “Trabalhe Conosco” até o dia 14/02/2018.

Fonte: Serviço de Divulgação SESI/SENAI/FIEMG

Posted in Vagas de empregos e concursos | Com as tags , | Comentar

Dia do Quadrinho Nacional 2018

Em 1984, no dia 30 de janeiro, a Associação dos Quadrinistas e Cartunistas do Estado de São Paulo instituiu que esta seria a data de celebração do Quadrinho Nacional – uma referência ao dia da primeira publicação de “As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte”, de Angelo Agostini, em 1869. No quarto sábado de janeiro, na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, será comemorado o Dia do Quadrinho Nacional. Nesta data serão realizadas diversas atividades voltadas para o público com o intuito de promover a produção de quadrinhos locais e aproximar quadrinistas e leitores.

Serviço

Data: 27 de janeiro de 2018.
Local: Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais.
Horário: 10 às 18 h.
Realização: Representação de Quadrinistas de BH / Estúdio Black Ink / Fundação Municipal de Cultura / Prefeitura de Belo Horizonte / Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais.
Organização e Produção: Régis Luiz, Val Armanelli.

Posted in Eventos | Com as tags , , | Comentar

Biblioteca pública de Ituiutaba prepara colônia para jovens aproveitarem final de férias

Se você ainda não saiu com seu garoto para nenhuma viajem ou qualquer outro tipo de diversão, então aguarde! A Biblioteca Senador Camilo Chaves, da Prefeitura de Ituiutaba, sob a responsabilidade e orientação da Secretaria de Educação, definiu uma série de programação que irá colocar a garotada para se movimentar.

Denominado de Viajando na Leitura, as atividades da Colônia de Férias, da Biblioteca Municipal, terá início no próximo dia 5 e se estenderá até o dia 9 de fevereiro. Sempre entre 14h e 17h, haverá contação de histórias, pintura em papel, fabricação de brinquedos com papel reciclável e brincadeira lúdicas.

Segundo a diretora da biblioteca, Stênia Mendonça, o evento receberá crianças de 7 aos 12 anos de idade. E as inscrições da garotada terá que ser feita pelos pais ou responsável. A criança deverá ir identificada e levar o lanche. Duvidas ou informações podem telefonar para (34) 3271 – 8208.

Fonte: Tudo em Dia

Posted in Eventos | Com as tags , , , , | Comentar

Biblioteca municipal de Cariacica oferece programação de carnaval para leitores

Já imaginou pular carnaval em uma biblioteca? A Biblioteca Pública Municipal Madeira de Freitas, em Campo Grande, vai lançar um bloco de foliões e uma programação especial na próxima terça-feira (30), das 13h às 18h.

Biblioteca Madeira de Freitas será o local da festança (Foto: Divulgação/PMC)

Biblioteca Madeira de Freitas será o local da festança (Foto: Divulgação/PMC)

“Vamos cair na folia com o ‘BlocoTeca’, formado por nosso público-leitor, atraindo também a garotada que está de férias, dentro da nossa postura de que biblioteca não é depósito de livros e sim lugar de entretenimento e disseminação de cultura”, sintetiza a bibliotecária-coordenadora Marcelle Queiroz.

Além da folia abastecida a muito confete e serpentina entre as estantes de livros, quem for também poderá participar de oficinas temáticas de máscaras (infantis e adultas), pintura de rosto e interação de samba com o dançarino Godô Sambista.

Também estão incluídas contação de histórias sob a temática do carnaval, apresentação de mágicos e malabares e performance do personagem símbolo de Cariacica, o João Bananeira,, Além do samba, está programado um concurso de dança, utilizando o jogo eletrônico Just Dance.

Oficina de máscaras faz parte das ações do Blocoteca (Foto: Reprodução/Web)

Oficina de máscaras faz parte das ações do Blocoteca (Foto: Reprodução/Web)

O público, se quiser, pode ir fantasiado. A organização pede que os participantes da oficina de máscaras levem seu próprio material: EVA ou papel cartão da cor desejada, elástico, glitter, purpurina, miçangas, penas, entre outros materiais para a confecção.

O evento é realizado pelo coletivo juvenil Bibliotecamentes e conta com apoio da Ong Conecta Biblioteca.

Serviço:
BlocoTeca, o Carnaval na Biblioteca Madeira de Freitas
Quando: terça-feira (30), das 13h às 18h.
Atrações: oficina de máscaras infantis e adultas, pintura de rosto, contação de história do carnaval, mágicos e malabares, performance do João Bananeira e a história de sua máscara, concurso de dança (utilizando o Just Dance, jogo eletrônico musical), show do Godô Sambista, aula de samba (passos básicos) com Godô Sambista. Para as oficinas de máscaras, os interessados deverão levar o material (EVA ou papel cartão da cor desejada, elástico, gliter, purpurina, miçangas, penas).
Onde: Biblioteca Pública Municipal de Cariacica, Rua Santa Marta, 12, Campo Grande. De frente para a Boate Di Jorge.
Informações: 3386-3376
Quanto: gratuito

Fonte: ES Hoje

Posted in Eventos | Com as tags , , | Comentar

Calendário apoia luta das mulheres

Combate à misoginia e à transfobia é o tema de 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, o público interessado poderá adquirir o Calendário da Diversidade. O intuito é combater preconceitos que ainda existem em nossa sociedade e, neste ano, a peça tem como tema a violência enfrentada diariamente pelas mulheres brasileiras. Para ilustrar os meses e trazer visibilidade para corpos ainda invisibilizados, 12 delas – seis cisgêneros e seis transexuais – foram convidadas a posar.

Modelo do mês de fevereiro (Foto: Biblioteca da Diversidade)

O projeto é uma iniciativa da Biblioteca da Diversidade, que se propõe ser um espaço para fomentar o diálogo entre minorias sexuais e religiosas. Em um vídeo publicado no Facebook, o bibliotecário criador do projeto, Cristian Santos, alertou para os números da violência em nosso país. “O Brasil é um dos países que mais mata mulheres em todo o mundo. Em relação às mulheres transexuais, ocupamos o topo do ranking no planeta. O enfrentamento dessa questão passa pela visibilidade desses corpos.”

Além disso, o calendário também contribui para a construção de uma biblioteca pública em Brasília especializada em produtos e serviços de informação a respeito de gênero e orientação sexual. “Não se trata de uma biblioteca para gays ou lésbicas, mas de um espaço que fomente o respeito pelas diferenças, combatendo a violência física e simbólica contra a comunidade LGBTI”, conta Cristian.

Adquira o seu

O Calendário da Diversidade 2018 pode ser adquirido por R$ 55,00 (já com frete incluso). Para isso, basta depositar o dinheiro na conta abaixo e enviar o comprovante para o e-mail bibliotecadadiversidade@gmail.com ou pelo WhastApp (61) 98193-8688.

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0005
Operação: 001
Conta corrente: 3570-5
Nome: Cristian José Oliveira Santos
CPF: 691.890.991-68

Últimas edições

Os bibliotecários mineiros marcaram presença nos calendários de 2016 e 2017. No primeiro ano, quatro profissionais foram convidados para posar e discutir a subjetividade da masculinidade. No segundo, o tema foi “relacionamentos” e outros três foram fotografados para mostrar as diversas modalidades de relações afetivas existentes.

Posted in Artigos, matérias e entrevistas | Com as tags | Comentar