Seminário Paulus de Educação – Belo Horizonte

As Livrarias Paulus promovem o Seminário Paulus de Educação, em Belo Horizonte. Com intuito de valorizar a cultura e o conhecimento, o evento contará com palestras de professores no dia 20 de outubro, das 9h ás 13h, no Museu Inimá de Paula, na Rua da Bahia, 1201, Centro da capital mineira. As inscrições são gratuitas através do site www.paulus.com.br.

=======================================================================

Cora celebra o dia das crianças com contação de histórias e lançamento de livros

A Editora Cora celebra o Dia das Crianças com o lançamento de três livros em Belo Horizonte. As obras denominadas “Palavras ao Vento” de Marismar Borém, “Ágata” de Maria Alice Lacerda e “Uma vida no Coração” de Julieta de Lucena Henriques Lima, fazem parte do evento. Haverá contação de histórias e uma sessão de autógrafos das autoras. A comemoração acontece no dia 26 de outubro no Spiral com Café, no bairro Santa Efigênia, região leste da capital mineira, a partir das 17h.

======================================================================

Prorrogado o prazo de envio de obras para o II Concurso de Publicação de Livro Inédito da ParaLiteratura

O prazo de inscrições para o II Concurso de Publicação de Livro Inédito da ParaLiteratura: Feira de incentivo à leitura de Pará de Minas, categoria “Conto”, foi prorrogado até o dia 31 de outubro. O certame, que é promovido pela prefeitura de Pará de Minas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Institucional, é extensivo a todos os escritores residentes em Minas Gerais que tenham uma produção textual ou artística pronta e deseja publicá-la em formato de livro. Acesse o site www.parademinas.mg.gov.br e confira o edital.

Concursos públicos

Estão abertas as inscrições para os Concursos Públicos da Advocacia-Geral da União e do Ministério Público de Pernambuco. Pela AGU, a remuneração inicial é de R$ 6.203,34, com a prova sendo realizada no dia 9 de dezembro. Já no MP/PE, o salário é de R$ 4.809,54, com o exame sendo feito no dia 2 de dezembro. Os editais estão disponíveis nos sites www.idecan.org.br e www.mppe.mp.br.

=======================================================================

Importância da divulgação de produções científicas

A UFMG promove a apresentação de defesas de dissertações de teses de mestrados e doutorados, em diversas áreas, como Ciência da Informação. Na última semana, de autoria da estudante Juliana Moreira Pinto, o tema “Interlocução entre o procedimento de tradução de Boaventura de Sousa Santos e os preceitos de competência informacional da ciência da informação: um estudo de caso na área da saúde” foi uma das apresentações realizadas na instituição.

MATÉRIAS

Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal aprova obrigatoriedade de bibliotecas em escolas públicas do país

Aprovado com modificações, o Projeto de Lei da Câmara, do deputado federal Sandes Júnior (PP-GO), segue para o Plenário

CAE aprova projeto de lei sobre bibliotecas (Foto: Pedro França/Agência Senado)

 

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), do Senado Federal, aprovou na última quarta-feira (10), o projeto que inclui na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) a obrigatoriedade de ter bibliotecas em todas as escolas públicas de nível básico do Brasil. A regra ainda determina que os espaços tenham acervo de obras atualizado e com acesso à internet. A medida é de autoria do Deputado Federal Sandes Júnior (PP-GO) e segue para o Plenário da Casa, com modificações no texto original.

O projeto de lei contava também com a exigência da contratação de bibliotecários com formação superior para cuidar das bibliotecas. Contudo, o senador Pedro Chaves (PRB-MS), retirou o dispositivo da ementa, alegando que o investimento nesse setor seria alto para diversos municípios, o que inviabilizaria a obrigação de se ter, pelo menos, uma biblioteca em cada instituição de ensino.

A Presidenta do Conselho Regional de Biblioteconomia – 6ª Região, Dr. Marília Paiva, afirma que essa mudança é extremamente prejudicial para a carreira dos bibliotecários. “A Comissão de Assuntos Econômicos aponta em seu relatório para a exclusão da obrigatoriedade da coordenação pelo profissional bibliotecário, o que vai contra a legislação federal dessa profissão regulamentada e fiscalizada por Conselho. Essa mudança é um golpe fatal para a profissão. Claro que agora o projeto volta para a Câmara dos Deputados, e precisamos trabalhar fortemente, por meio do Conselho Federal de Biblioteconomia, para reverter essa proposta.”

Para a gestora, a lei 12.244/2010, embora frágil do ponto de vista conceitual, é muito benéfica para o impulso da aplicação da biblioteca escolar no país. “Está chegando em breve ao seu cumprimento e é um recurso legal muito importante para a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino, públicas ou privadas. Em decorrência disso, juntamente com a lei do bibliotecário, de 1962, ampliaria significativamente o mercado de bibliotecários”, ressalta.

Segundo Paiva, só em Minas Gerais, existem mais de três mil escolas. Se considerada a possibilidade de coordenação de cinco bibliotecas por um bibliotecário, a médio prazo, haveria a necessidade de 600 profissionais atuantes. “A ideia é continuar a lutar, de todas as formas, para cumprir a meta até 2020, considerando-se apenas as escolas estaduais,” finaliza.

===============================================================

Resultado do edital de Bibliotecas Digitais 2018 é divulgado

19 bibliotecas públicas vão receber R$ 100 mil cada para investimentos

Edital com resultado final de Bibliotecas Digitais já está disponível (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

 

O Ministério da Cultura divulgou o resultado do edital de Bibliotecas Digitais 2018. Segundo a pasta, cada biblioteca pública do Brasil deve receber R$100 mil de investimentos destinados a projetos de tecnologias de informação e comunicação. A ideia é oferecer aos estabelecimentos o Conceito de Bibliotecas Digitais.

Ainda de acordo com o Ministério, com os recursos, as bibliotecas podem adquirir leitores de livros digitais, licenças e direitos para acesso digital a conteúdos e livros, além de colocar em prática ações de modernização e adequação de suas estruturas.

As bibliotecas escolhidas devem pagar ao Ministério da Cultura o valor equivalente ao mínimo de 20% sobre o total do projeto, ou seja, R$ 25 mil. Os espaços devem cadastrar suas propostas no Portal de Convênios (Siconv), no Programa nº 4200020180013, anexando os documentos listados no Anexo IV do edital de Bibliotecas Digitais 2018.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*