Biblioteca municipal de Teresópolis, RJ, inicia projetos para atrair leitores

Contação de histórias irá abranger da pré-escola ao Ensino Médio. Fundada em 1940, local tem acervo com cerca de 30 mil títulos.

Local tem espaço para contação de história e acervo com mais de 30 mil livros (Foto: Marcelo Ferreira/Ascom Teresópolis)

Local tem espaço para contação de história e acervo com mais de 30 mil livros (Foto: Marcelo Ferreira/Ascom Teresópolis)

A Biblioteca Municipal Antonio Paulo Capanema de Souza, no bairro Agriões, em Teresópolis, Região Serrana do Rio, está tentando atrair novos leitores. Fundada em 1940, com um acervo de cerca de 30 mil títulos, reúne obras de literatura brasileira, estrangeira e infanto-juvenil, além de dicionários, enciclopédias e publicações sobre a história do município. A biblioteca está sob a direção administrativa de Beatriz Fonseca Ribeiro.

“A nossa Biblioteca Municipal é riquíssima! Temos todas as condições de atender os mais exigentes leitores, além de alunos da rede pública e privada para pesquisas diversas, inclusive com espaço exclusivo para isso. Também pretendemos desenvolver diversos projetos como cafés literários e contação de histórias, entre outros”, revelou a nova administradora.

Segundo ela, o projeto de contação de histórias irá abranger do pré-escolar até o Ensino Médio, com a programação sendo previamente divulgada e as visitas, pré-agendadas. Outra novidade é a decoração temática, feita através de murais e que vai acompanhar, mensalmente, os temas abordados pela instituição, como “Mês da Mulher”, “Páscoa” e “Dia do Livro”.

Para o professor Leonardo de Oliveira, da Escola Municipal Antônio Santiago, em Agriões, visitar a biblioteca com seus alunos é uma experiência enriquecedora. “A contação de histórias é muito importante para os alunos porque desenvolve a parte de oralidade, ajuda na ampliação do vocabulário e desperta o gosto pela leitura. Além disso, a oportunidade de trazê-los a um ambiente fora do espaço escolar, como a Biblioteca, permite enriquecer ainda mais essa experiência”, analisou o professor.

Leitura, pesquisa e estudo

Além de leitura, a Biblioteca Municipal é um espaço propício para a pesquisa e os estudos. É o que faz, por exemplo, Felipe Lopes. Com quatro irmãos em casa, ele prefere utilizar o espaço da Biblioteca para estudar e realizar suas pesquisas.

“Minha casa é pequena, não tenho muito espaço para estudar. A Biblioteca é um lugar tranquilo, com muito material para pesquisa, e as professoras daqui me orientam e ajudam bastante. Venho pelo menos uma vez por semana para cá”, conta o estudante.

Outra novidade da Biblioteca Municipal é um terminal de computador onde é contada, de forma interativa, a história de Teresópolis, com curiosidades e muita informação. Ainda em fase de implementação, o terminal “Memória Digital – A História de Teresópolis em um clique” deve começar a funcionar no mês de maio.

A Biblioteca Municipal Antonio Paulo Capanema de Souza, está instalada no primeiro andar do prédio da Secretaria Municipal de Educação, na Rua Carmela Dutra, 475, em Agriões. Os serviços da unidade são gratuitos e para associar-se é necessário apenas uma cópia da carteira de identidade ou da certidão de nascimento, comprovante de residência e duas fotos 3×4. Para mais informações, o telefone é (21) 3641-4930.

Fonte: G1

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*