Google pede patente de gesto de coração para ‘curtir’ com o Glass

Empresa diz que gestos ajudam usuário a acessar funções do dispositivo. Outro movimento permite determinar área de uma fotografia.

(Foto: Reprodução)

O Google entrou com pedido de patente para que os usuários possa usar gestos do cotidiano para curtir basicamente qualquer coisa visualizada por meio do Google Glass, os óculos de realidade aumentada da empresa. Em um destes gestos patenteados, o usuário faz um coração com as mãos para divulgar nas redes sociais de que ele gosta do que está vendo.

O objetivo da empresa é permitir que os usuários tenham acesso às funções do Glass de forma intuitiva e ágil, de acordo com os documentos enviados para o órgão de patentes dos Estados Unidos, o United States Patent and Trademark Office.

Usando a câmera do aparelho que fica ao lado do rosto do usuário, ela captaria imagens das mãos de quem usa os óculos e entenderia os gestos como o de coração para curtir o que está no campo de visão do Glass.

O que foi “curtido” seria publicado na rede Google+ ou no Facebook, por exemplo.

Patente indica que usuário pode fazer gesto de coração com as mãos para curtir algo com o Glass (Foto: Divulgação/USPO)

Patente indica que usuário pode fazer gesto de coração com as mãos para curtir algo com o Glass (Foto: Divulgação/USPO)

As possibilidades para este tipo de reconhecimento de gestos é quase infinica. O Google diz que outros gestos podem ser usados, como, por exemplo, usar o dedo polegar e o indicador abertos para delimitar o corte de uma foto. Uma das imagens apresentadas pelo pedido de patente mostra exatamente esta técnica.

Fonte: G1

This entry was posted in Artigos, matérias e entrevistas and tagged . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*