Biblioteca do SESI em Belo Horizonte é finalista do Projeto Boas Ideias

“Apaixonar-se por cada desafio como se fosse sempre um começo, e estimular o  maior número de pessoas pela mesma causa.” É assim que a bibliotecária Kellen Guimarães Pereira (CRB-6 ES/412), responsável por uma das ideias finalistas do Projeto Boas ideias, descreve seu trabalho.

Kellen inscreveu a biblioteca da Escola SESI Emília Massanti, onde trabalha a pouco mais de dois meses, no Projeto Boas Ideias, do Sistema FIEMG. O objetivo da iniciativa é selecionar  as melhores ideias produzidas por funcionários e/ou equipes  da empresa que conseguiram transformar de forma positiva o trabalho.

A proposta principal enviada para o Boas Ideias foi o projeto de divulgação e acesso aos bens culturais de Belo Horizonte, a reformulação da biblioteca, no que diz respeito a identidade visual, a decoração e o mobiliário, e desenvolvimento de ações de integração com a pedagogia e os alunos. Além de campanha interna para estabelecer um nome novo para a biblioteca, junto aos alunos e a comunidade escolar.

A proposta, que também foi pensado junto do Conselho de Alunos de Biblioteca, estabeleceu parcerias com os principais espaços e mediadores culturais de Belo Horizonte, inclusive com a rede que compõe o Circuito Cultural Praça da Liberdade.

“Todas as ações visam a tornar o ambiente estimulador, interativo  e aconchegante, enquanto espaço de cultura, conhecimento, e convivência, que vai além das páginas dos livros e serviços de tratamento técnico”, afirma Kellen.

Para mais informações, entre em contato com a bibliotecária por meio do kellen.pereira@fiemg.com.br ou no telefone (31) 3388-7730.

nota_5

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

24 Comments