CBBD tem avaliação positiva

O 25º Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD) foi realizado em Florianópolis, entre os dias 7 e 10 de junho. Palestrantes nacionais e internacionais compartilharam experiências com o público e o evento também contou com a presença de representantes de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Esta edição proporcionou aos profissionais participar de conferências com os bibliotecários e consultores estrangeiros Stephen Abram (Canadá) e Klaus Werner (Alemanha).

Abram é consultor de planejamento e gestão das bibliotecas de Toronto. Ele falou da importância do surgimento de novos líderes na Biblioteconomia ao redor do mundo. “É preciso nos impor, porque o conteúdo digital leva as pessoas a acreditar que vão encontrar qualquer dado sem nenhum auxílio, o que não é verdade”.

Klaus Werner abordou o tema A biblioteca e seu espaço no mundo digital: requisitos para a arquitetura e design. Ele destacou a necessidade de criar atrativos no ambiente literário e apresentou o que seria um espaço ideal. “Funcional, com capacidade de adaptação e flexibilidade, convidativa, variada, interativa, motivadora e inovadora, com boas condições ambientais, segura, eficiente e sustentável e adequada para a Tecnologia da Informação: isso é o que uma biblioteca precisa oferecer.”

Além das conferências, foram realizadas mesas redondas que discutiam o tema central do evento Bibliotecas, Informação, Usuários – Abordagens de transformação para a Biblioteconomia e Ciência da Informação. Entre os componentes destes momentos estavam Gil Giardelli, especialista em assuntos digitais e professor na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e Carlos Cecconi, bibliotecário e integrante do Comitê Gestor da Internet no Brasil.

O Conselho Federal de Biblioteconomia, em parceria com os conselhos regionais montaram um estande no local. O presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia 6º Região (CRB-6), Antônio Afonso Pereira Júnior (CRB-6/2637) destacou a importância da atividade. “O Congresso foi muito rico em debates e cumpriu o seu objetivo, que era de proporcionar um momento de interatividade e de reflexão sobre a nossa profissão.”

Fonte: FEBAB. Editado pelo CRB-6.
Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*