CRB-6 visita curso técnico em Biblioteca

O Conselho Regional de Biblioteconomia 6º Região (CRB-6), por meio de seu presidente, Antônio Afonso (CRB-6/2637), visitou, no último dia 18, a turma de estudantes do curso técnico em Biblioteca, no prédio da Biblioteca Central, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 A classe de 25 alunos, formada em outubro de 2013, faz parte do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), criado pelo Governo Federal com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.

Na ocasião, o presidente do CRB-6 apresentou o Conselho aos alunos e discutiu questões como a regulamentação da profissão, a importância do trabalho social na área de Biblioteconomia e as possibilidades de atuação do bibliotecário no mercado.

Outro assunto abordado foi o papel do técnico nas bibliotecas. O profissional é responsável pela operacionalização de empréstimo e devolução de obras e pelo atendimento ao público. O bibliotecário, por sua vez, dedica-se à gestão da biblioteca, criando projetos que incentivem a leitura e de melhorias na instituição, entre outros.

A supervisora do curso, Cláudia Grossi, graduada em Biblioteconomia, comenta sobre a importância da função do técnico: “O apoio dos técnicos é imprescindível ao bibliotecário, para que este desenvolva um trabalho mais intelectual”. A também professora Gláucia Grossi compartilha da mesma opinião e chama a atenção para a formação desse profissional: “A formação humana é indispensável ao técnico, já que ele vai lidar diretamente com o público”.

A aluna Regina Lopes já tem expectativas para o exercício da profissão, quando concluir seus estudos: “Pretendo me recolocar no mercado da educação, do qual não faço parte há algum tempo. Acredito que o curso será essencial para isso”.

Para Antônio Afonso, o curso tem excelentes perspectivas: “A exemplo do que acontece em outras áreas, como Enfermagem e Ciências Contábeis, os técnicos em biblioteca terão interesse em se graduar em Biblioteconomia.” A intenção do CRB-6 é que os profissionais técnicos tenham registro nos Conselhos de Biblioteconomia, mas proposta nesse sentido está em andamento no Congresso Nacional, por meio do Conselho Nacional de Biblioteconomia (CFB).

nota_1

nota_1_1

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*