Galeno Amorim explica sua saída da FBN

O escritor e jornalista Galeno Amorim não é mais o presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN). Ele foi exonerado pela ministra da Cultura Marta Suplicy, após uma gestão de dois anos e dois meses.

Em entrevista publicada no site do jornal A Cidade, de Ribeirão Preto, no dia 6 de abril, ele afirma que se trata de um processo natural. “Avalio que cumpri um ciclo na Fundação, já que eu havia assumido a presidência, por meio de convite da então ministra Ana de Holanda e, com a chegada de sua sucessora, era natural que mudanças ocorressem. Saio com a consciência do dever cumprido”.

Ainda sobre a sua gestão, ele destaca que foi um período positivo, pois algumas ações importantes foram implantadas, entre elas a criação do Programa de Internacionalização da Literatura Brasileira e o Circuito Nacional de Feiras de Livro que, com a Caravana de Escritores implantada em 2013, terá mais de 200 feiras e festivais no país.

Com relação às críticas que a gestão recebeu, Galeno Amorim, lembra que procurou compensar o volume de trabalho do setor ampliando a equipe, descentralizando a execução de projetos e aumentando sua jornada de trabalho. “No primeiro ano de administração, fiz um amplo diagnóstico para detectar os problemas e viabilizar investimentos. Entretanto, a última grande reforma da Fundação foi em 1980, o que resultou no acúmulo de problemas crônicos”, disse.

Para o futuro, Galeno vislumbra um bom cenário, tendo em vista as políticas do Governo Federal, que estão se fortalecendo em estados e municípios. “O Plano Nacional do Livro e Leitura, que eu criei, é o primeiro em 500 anos de história. Agora, por exemplo, o Ministério da Cultura tem, concentradas quase todos na FBN, mais de 40 ações na área. Isso é dez vezes mais do que uma década atrás”, concluiu.

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*