Idosa dá a volta por cima e se alfabetiza depois de receber golpe

Depois de passar mais de 60 anos sem saber ler nem escrever, a moradora de Itanhaém, no litoral de São Paulo, Lydia da Silva Gonçalves, decidiu estudar. Hoje, com 77 anos, ela é formada em Pedagogia e pretende cursar Direito.

A motivação de Lydia teve início quando ela assinou um documento que cedia 50% de suas terras, recebidas em herança, ao seu advogado. Como não sabia ler, rubricou os papéis sem ter conhecimento do que se tratava. Ela ainda luta na justiça para reaver o seu direito.

Além de estar estudando para a próxima graduação, Lydia montou uma biblioteca comunitária na garagem de sua casa, que já conta com mais de 1300 obras e onde as pessoas podem fazer empréstimo dos livros e estudar.

Clique aqui e veja o relato dela completo.

O Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB-6) divulgou recentemente uma história parecida em um dos seus boletins. Clique aqui e relembre.

nota_4

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*