Livros eletrônicos x livros de papel

Um estudo realizado pela Universidade de Stavanger, na Noruega, procurou comparar a compreensão de quem lê livros de papel e de quem os lê em plataformas digitais. O resultado: empate técnico.

A pesquisadora dividiu 50 estudantes em dois grupos. Um tinha de ler a versão em papel de um conto da americana Elizabeth George, enquanto o outro lia o texto em formato digital pelo e-reader Kindle. Depois, os leitores tinham de responder perguntas sobre o conto.

A percepção sobre os personagens da narrativa, por exemplo, não variou de forma significativa entre os grupos, e a sobre objetos da história foi até melhor entre quem lia via e-reader, mas os usuários do Kindle sofreram mais para identificar a sequência correta de acontecimentos na trama.

E você, bibliotecário? Tem ou já teve experiências com os dispositivos eletrônicos disponíveis no mercado para leitura em formato digital? Envie seus relatos para o CRB-6 para que possamos divulgar em nossas mídias!

NOTA 5

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

2 Comments