Muito além da função decorativa

A sátira sempre foi uma boa estratégia para despertar o senso crítico e reflexões relevantes nas pessoas. Seguindo essa linha, o grupo de humor Porta dos Fundos se destaca ao abordar diversos temas sociais, culturais, comportamentais, políticos, entre muitos outros. Esta semana, o tema adotado foi, justamente, uma das principais matérias-primas dos profissionais de biblioteconomia: os livros. Com uma boa dose de humor crítico, o vídeo ironizou a capacidade das pessoas de boa condição social em banalizar a importância das obras literárias e dar a elas uma função meramente decorativa ou de construção de uma imagem social ilusória. Publicado em sua página do YouTube, o episódio do Porta dos Fundos satiriza essa relação, a partir da história de um personagem que cria novas utilidades para sua vasta biblioteca, composta por vários clássicos, que cumpre o simbólico papel estético, sem se atentar para a real razão da existência desses livros: a leitura.

E você, bibliotecário, já passou por alguma situação parecida? Confira e reflita sobre o verdadeiro valor dos livros para a sociedade contemporânea e como seu trabalho pode mudar essa realidade.

Confira o vídeo abaixo!

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*