Prêmio Capes 2013 é concedido a doutora formada pela UFMG

capes

 

A doutora Magali Rezende Gouvêa Meireles recebeu, no último dia 04, o Prêmio Capes de Tese 2013, na área de Ciências Sociais Aplicadas I, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), concedido às melhores teses de doutorado defendidas e aprovadas nos cursos reconhecidos pelo MEC.

Magali, formada pela Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG), defendeu a tese intitulada “Categorização de documentos a partir de suas citações: um método baseado em redes neurais artificiais”, na qual trata da organização automática de grandes coleções por meio do uso de Redes Neurais Artificiais (RNA). Para concorrer ao prêmio, foi necessário que os candidatos preparassem uma vídeo-aula destinada a estudantes de ensino médio, abordando, de forma apropriada a tal nível educacional, o tema da tese de doutorado.

O Conselho Regional de Biblioteconomia 6º Região (CRB-6) parabeniza a doutora pelo prêmio e acredita que ações como essa contribuem para o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos profissionais na área de ciência da informação.

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

3 Comments