Projeto de incentivo à leitura reúne leitores em todo o Brasil

No dia 1º de outubro, leitores de todo o Brasil poderão ficar sintonizados por meio de um projeto que visa ampliar a discussão literária nacional. De qualquer lugar do país, de 9h às 21h, as pessoas que se dedicarem a qualquer tipo de leitura já estarão participando do ato organizado pelo coletivo Dia de Ler. Todo dia!

NOTA 3

Sem um lugar fixo para o encontro, o intuito é simplesmente juntar o maior número de pessoas lendo simultaneamente. O coletivo é organizado para despertar o interesse e aumentar a discussão nacional em torno do livro.

A ideia do evento surgiu na cidade de Barueri, região metropolitana de São Paulo. O objetivo era criar um ato local para incentivar a leitura de qualquer tipo de texto, de bulas de remédio a clássicos da literatura. O projeto deu certo e os organizadores decidiram ampliá-lo nacionalmente.

Segundo Simone Trino, uma das organizadoras do evento, falta no país uma ação de incentivo para a literatura. “O Brasil lê pouco e os índices de leitura recuaram de forma acentuada nos últimos cinco anos, mais de 9%. O brasileiro lê, em média, quatro livros por ano, sendo que apenas 1,5 livro por inteiro”, afirma.

Para acompanhar a mobilização popular, os organizadores dispõem das redes sociais. A hashtag #diadelertododia está sendo divulgada para que as pessoas compartilhem a participação com seus amigos por meio do Facebook do projeto.

Pessoas interessadas em participar deste movimento em seus municípios podem fazer a inscrição da cidade no site do evento. Estão disponíveis também os arquivos de divulgação, que, não por acaso, são um padrão para o Brasil inteiro. O intuito é tornar o ato único e amplo em todo o território nacional.

Até o dia 22 de setembro nove cidades do Espírito Santo haviam se cadastrado. São elas: Afonso Cláudio, Águia Branca, Baixo Guandu, Iconha, Linhares, Pedro Canário, São Roque do Canaã, Viana e Vitória aderiram ao evento. Em Minas Gerais a adesão foi maior: 42 municípios cadastrados.

Sobre o que o projeto espera deixar para a sociedade, Simone diz que fomentar a cultura é o principal objetivo. “Que as pessoas entendam a importância da leitura para o desenvolvimento individual e também coletivo. Uma comunidade melhor instruída e preparada tem maiores condições de participar da vida política e social”, conclui a organizadora.

Browse the Boletim archive. Bookmark the permalink. Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*